E o Trump segue “brincando” com as demais economias do mundo

Welber Moreira

Donald Trump foi eleito dentro daquilo que os Estado Unidos chamam de democracia. Lá, quem vence no voto nem sempre é eleito presidente, haja vista que Hillary Clinton teve mais de um milhão a mais de votos individuais, mas menos delegados. Resultado: Trump venceu. E desde que assumiu, é meme toda hora. Gosta de usar as redes sociais para xingar fulano, cicrano, ameaçar líderes de outros Estados, dentre outras bizarrices. Mais se assemelha àquele menino chato de escola que somente porque tem dinheiro acha que “tem o rei na barriga” e que manda e desmanda.

Apesar de o cargo que exerce ser o mais importante do planeta, Trump parece gostar de se impor brincando com outras economias, principalmente aquela dos países emergentes, no que o Brasil se inclui. Com um ato, derrubou a economia turca, afetou a brasileira, argentina e de vários outros países. Tudo para mostrar poder. Trump não se incomoda em prejudicar os outros. Quer, “apenas” mostrar poder. E fazendo isso segue a sina do menino chato de colégio, de imensa responsabilidade, mas que mostra, a cada dia, imensa imaturidade, despreparo e xenofobia. E por causa o disso, o dólar decola e outras consequência desenrolam…

recommend to friends
  • gplus
  • pinterest