Edição Especial do Suplemento Literário homenageia o Clube da Esquina

Relação estreita entre os movimentos musical e literário é tema da publicação, viabilizada pelo Governo de Minas Gerais

 

Um dos mais importantes movimentos artísticos de Minas Gerais, o Clube da Esquina é o grande homenageado em mais uma edição especial do Suplemento Literário de Minas Gerais.

Com ilustrações de Fernando Pacheco e textos de diversos artistas ligados ao Clube da Esquina, a edição traz memórias e depoimentos sobre o movimento, além de fotos raras que enriquecem a homenagem. A publicação é viabilizada pela Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário.

A edição especial será lançada neste sábado (12/5), das 11h às 14h, na Livraria da Rua (Rua Antônio de Albuquerque 913, Funcionários), em Belo Horizonte. Os músicos Tatta Spalla e Bianca Luar irão interpretar músicas do Clube da Esquina e haverá distribuição gratuita de exemplares no local. A entrada é gratuita.

Um dos coordenadores do Suplemento Literário, João Barile explica a escolha do tema desta edição. “Buscamos mostrar ao grande público a estreita relação de amizade e parceria que existe entre o Suplemento Literário e o Clube da Esquina desde o início dos anos 70. Música, letras, composições, poesia e literatura sempre foram o elo entre estas turmas”, informa Barile.

Naquela época, integrantes do Clube da Esquina e do Suplemento Literário de Minas Gerais estudavam juntos na Faculdade de Direito da UFMG. Tendo a música, letras, poesia e literatura como interesses comuns, essa relação foi ficando cada vez mais estreita e duradoura.

Esta edição do Suplemento Literário traz textos que destacam essa parceria de longa data, como os depoimentos de Túlio Mourão, Tavinho Moura, Sérgio Sant’Anna, e dois textos de Murilo Antunes, um publicado originalmente no Suplemento Literário de 1972 e o outro dos dias atuais, destacando as diferenças de cenários nos dois períodos.

 

Clube da Esquina

O movimento musical nascido em Belo Horizonte ganhou o Brasil e o mundo ao mesclar elementos do jazz, rock, bossa nova, música folclórica, erudita e até música hispânica. Inovador, tornou-se referência de qualidade na MPB, influenciando gerações de músicos e compositores até hoje.

Surgido na década de 60, o Clube da Esquina foi fruto da grande amizade entre os irmãos Borges (Marilton, Márcio e Lô), e Milton Nascimento, quando este veio para a capital para trabalhar e estudar.

O nome do grupo veio dos encontros na esquina onde sempre se reuniam para cantar e tocar violão.

Sem condições para frequentar os clubes onde a juventude mais abastada se reunia, os integrantes costumavam dizer que o clube deles era ali, na esquina.

Chamavam a atenção pela riqueza poética nas composições engajadas, a mistura de influências sonoras e a integração musical que promoviam com o restante da América Latina, trazendo uma renovação da sonoridade e da qualidade da música popular brasileira da época.

Serviço::

Lançamento da edição especial do Suplemento Literário de Minas Gerais – Clube da Esquina

Data: 12/5/2018

Local: Livraria da Rua – Rua Antônio de Albuquerque 913, Funcionários, Belo Horizonte

Horário: das 11h às 14h

Entrada Gratuita

recommend to friends
  • gplus
  • pinterest