ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS POLICIAIS RODOVIÁRIOS FEDERAIS
HISTÓRIA
Em 1961, exatamente às 15:00 horas do dia 1º de abril, em uma sala cedida pela União Nacional dos Servidores Públicos, no prédio do antigo IAPI, na cidade de Belo Horizonte, acontecia um fato histórico para a PRF e o próprio DNER. Naquele momento, por iniciativa de trinta e quatro “INSPETORES” da Polícia Rodoviária Federal, nascia a primeira Associação da Classe em Minas Gerais. Participaram da primeira assembléia, sendo portanto fundadores da ANPRF, os seguintes “INSPETORES”: Sebastião Moreira Pinto, Amilce Simões,Jaime da Silva Caldeira, José Bernardes de Menezes, Wanderley Cortes, Edson Reis, José Florentino de Miranda, Ibrahim José Ribeiro, Geraldo Alves Ferreira, Pedro Pinto Ribeiro, José Libânio do Amaral, João Nogueira Barbosa, Renato José Vicente, Olavo Pires de Camargo, Raimundo Conceição Oliveira, Benito Mussoline Rodiigues Guimarães, João Pedro de Souza Júnior, Viriato de Freitas Campos, Francisco Campos de  Oliveira, Osvaldo Afonso Caldeira Mourão, Antônio José de Andrade Sobrinho, Antônio Soares Espechit, José Páschoa Ferreira, Hércules de Carvalho, Irineu W. Gomes da Silva, Paulo Guariento, Glair Pereira de Oliveira, Dalton Paulinho Murta.

DIRETORIA EXECUTIVA

PRESIDENTE: ERNANE RIBEIRO PITANGUI

VICE-PRESIDENTE:JOSÉ EUSTÁQUIO DAMASCENO

DIRETOR TESOUREIRO: ARÍ COSTA FILHO

DIRETOR SECRETÁRIO: LUIZ BERNARDO FERREIRA

CONSELHO DELIBERATIVO FISCAL

ANTONIO DAS GRAÇAS PAULA

ANTONIO PEREIRA DE FARIA

DINIZ NEMÉZIO DE BARROS

ILDEU WENCESLAU DE OLIVEIRA

LÍDIO ANTONIO DE OLIVEIRA

MARCOS ANTONIO GUERRA

NEWTON DO AMARAL

RUBENS BALBI

DIRETOR PATRIMÔNIO:JUAREZ MICRONI

DIRETOR JURÍDICO: OSWALDO SANTOS

DIRETOR PARLAMENTAR: ANTONIO EUSTÁQUIO PEREIRA

DIRETOR SOCIAL: SEBASTIÃO ALVES FREITAS

CONTATO:

Rua da Bahia, 1,148 – Conjunto 1603/1607 Telefone:(31) 3222-9976 – 3222-2720
CEP: 30160-906 – Belo Horizonte – MG

www.anprf.com.br

Associação Diniz João Ribeiro DIJORI

A  Associação Diniz João Ribeiro, DIJORI, é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2004, com o intuito de promover atividades voltadas para a assistência social, cultura e fomento do comércio local.

Em 2009,a  Associação prestou uma homenagem ao Sr. Diniz João Ribeiro, um dos fundadores do Bairro e pioneiro no comércio da região.

Inicialmente a DIJORI atende diretamente 320 famílias com objetivo de melhorar a convivência, criar hábitos de participação, debater temas de interesse social como: cidadania, auto-estima, relação pais  e  filhos, dentre outros.

DINIZ JOÃO RIBEIRO

Nascido no povoado de Piedade do Paraopeba, distritro de Brumadinho, Diniz Jõao Ribeiro vivia da agricultura. Diniz iniciou uma grande família ao casar-se com Alice Ribeiro.

Após trágico acidente com uma picadeira de capim,  perdeu três dedos da mão direita, abandonou o campo e mudou-se para o Bairro Industrial.

Começou então, a fazer manilhas e tampas de fossa, sendo estes os primeiros passos para a abertura do Depósito São José.

O Senhor Diniz João Ribeiro era conhecido por se um homem que fazia o bem. Para a família, homenageá-lo é uma forma de continuar suas ações voltadas para o desenvolvimento do Bairro Industrial e de seus moradores.

A Entidade BANGALÔ CULTURAL é uma organização não governamental constituída em forma de sociedade civil, filantrópica, sem fins lucrativos de caráter sócio-cultural.

Realiza desde 2008 diversas atividades nos espaços públicos da cidade de Contagem, promovendo a democratização e promoção do acesso à cultura.

Tem como objetivo fazer da cultura um elemento eficaz de inclusão social, facilitando e promovendo o acesso a este bem humanitário, levando intervenções artísticas culturais diversas, onde elas nunca estiveram e em locais de grande concentração de pessoas, a fim de proporcionar momentos de integração, entretenimento e reflexão.

Por meio de parcerias com diversas redes sociais realiza regular e gratuitamente diversas atividades culturais, interagindo com a comunidade, contribuindo com a divulgação e o resgate da diversidade cultural do município de Contagem através de pesquisas, mostras, oficinas, campanhas, seminários, exposições a céu aberto e itinerantes, eventos e atividades de arte-educação.

A utilização dos espaços públicos na realização das atividades do projeto visa promover e aproximar a comunidade das manifestações culturais da cidade, abrir espaço para que o artista local mostre e divulgue seu trabalho e assim fazer com que Contagem se conheça e reforce sua identidade cultural. Tendo também como objetivo conscientizar a comunidade sobre a importância da preservação do espaço público e do meio ambiente.

Público Alvo

Comunidade em geral e pessoas interessadas em arte, cultura e educação.

Locais onde foram realizadas as edições do Bangalô Cultural:

  • Praça da Glória – Bairro Eldorado
  • Praça Iria Diniz – Bairro Eldorado
  • Praça Sô Teco – Bairro Água Branca
  • Praça Nossa Senhora de Fátima – Bairro Jardim Industrial
  • Praça da Funec – Bairro Petrolândia
  • Parque Ecológico do Eldorado
  • Big Shopping
  • Estação do Metrô Eldorado

Parceiros do Bangalô Cultural:

  • Prefeitura de Contagem: Coordenadoria de Cultura, Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial e Secretária de Esporte e Lazer.
  • CBTU – Companhia Brasileira de Trens Urbanos
  • DCE PUC MINAS
  • ONG J.A.D.I – Projeto Cidadania Jardim Industrial
  • ASJOVI – Associação Jove Vieira (bairro Eldorado)
  • SIM! – Acessoria e Produção Cultural
  • Ophicina de Cultura – Acessoria e Produção Cultural
  • MH2MC – Movimento Hip Hop de Contagem
  • Fórum Popular de Cultura – Coletivo de Artistas do Município de Contagem
  • Cia. Crônica de Teatro
  • Discoteca Fina Flor – Estúdio de Gravação
  • Jornal Notícias de Contagem

Atividades realizadas nos eventos empreendidos pelo Bangalô Cultural:

  • Apresentações musicais diversas
  • Oficinas de Grafite
  • Artes Visuais
  • Apresentações e oficinas Circenses
  • Teatro de rua
  • Dança
  • Capoeira

Atividades realizadas através de parcerias:

  • Natal Solidário – CDL e Prefeitura de Contagem

(dezembro de 2008)

  • Gincana de Contagem – Secretária de Esporte e Lazer

(agosto de 2009)

  • Bangalô Cultural no Bairro Jardim Industrial – ONG J.A.D.I

(abril de 2009)

  • Projeto Domingo na Praça, Bairro Petrolândia – Associação ACBP

(março de 2010)

  • Participação na fundação do Fórum Popular de Cultura: coletivo de artistas do município de Contagem, que realiza diversas atividades em prol da descentralização e democratização do setor cultural da cidade.

(março de 2010)

  • Festival Aldeia Roots – Coordenadoria de Cultura e DCE Puc Minas

(junho 2010)

  • Mutirão da Solidariedade – Sociedade São Vicente de Paula e Projeto Ser Humano

(outubro 2010)

Diretoria Executiva:

Rafael Luiz de Aquino

Presidente

Sérgio Pereira Cardoso

Vice-Presidente

Eder Antunes da Silva

Secretário

Thatiana Laurine Moreira da Silva

Tesoureira

Alexandre Magno de Paula

Conselho Fiscal