Estudo coordenado pela UFMG aponta que sedentarismo é fator de risco em mortes por câncer de mama

Pesquisa levou em conta fatores como consumo de álcool e cigarro

Pesquisa coordenada na UFMG conclui que sedentarismo é grande fator de risco nas mortes causadas pelo câncer de mama. A publicação analisou informações do Estudo Carga Global de Doenças, iniciativa na busca de dados sobre as doenças no mundo todo, e também considerou outros fatores como consumo de álcool e cigarro.

A professora Deborah Carvalho Malta, da Escola de Enfermagem da UFMG, fala sobre o assunto na reportagem de Mateus Santos, da Rádio UFMG Educativa.

Ouça reportagem:https://ufmg.br/storage/4/d/a/e/4daeb9c0d44fc53084e07ec9f5651767_15450656698012_280222648.mp3 

recommend to friends
  • gplus
  • pinterest