Seminário Futebol Amador em Debate começa na quinta, dia 26

O seminário “Futebol Amador em Debate: 20 anos da Copa Centenário” será realizado nesta quinta e sexta-feira, dias 26 e 27, no Auditório JK da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (Avenida Afonso Pena, 1.212, Centro). As inscrições para o seminário são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26, exclusivamente pelo portal da Copa Centenário.

No evento serão debatidos os temas “Futebol Feminino Amador”, “Experiências do Futebol Amador pelo Brasil” e “Futebol Amador em Belo Horizonte, Memórias e Perspectivas”.

Entre os convidados do seminário destacam-se  Emily Alves da Cunha Lima, ex-treinadora da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, Bebeto de Freitas, ex-técnico da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei e secretário Municipal de Esportes e Lazer, e Silvana Villodre Goeliner, professora de pós-graduação do curso de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e autora de trabalhos acadêmicos e livros sobre a história do gênero no esporte.

A realização do seminário integra as comemorações pelos 20 anos da Copa Centenário de Futebol Amador, promovida pela Prefeitura de Belo Horizonte. A competição, que é um  dos principais torneios amadores do Brasil, estreou em 1997, dentro da programação do aniversário de 100 anos de Belo Horizonte.

O seminário é organizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL), por meio do Centro de Memória do Esporte e Lazer (CEMEL), com apoio da Fundação Municipal de Cultura, Museu Histórico Abílio Barreto, Arquivo Público de Belo Horizonte e o Grupo de Estudos em Futebol e Torcidas da UFMG.

Programação

O evento será realizado no auditório JK, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte (Av. Afonso Pena. 1.212). A solenidade de abertura ocorrerá no dia 26, as 19h30, com pronunciamento de autoridades e abertura da exposição da Copa Centenário.

No dia 27, de 9h30 a 12h30, a temática Futebol Feminino Amador será debatida por Emily Alves da Cunha Lima, ex-treinadora da Seleção Brasileira de Futebol Feminino; Silvana Villodre Goellner, professora de pós-graduação do curso de Educação Física, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Bárbara Stephanie de Araújo Fonseca, assessora do Departamento de Futebol Feminino do América Futebol Clube e Bebeto de Freitas, secretário Municipal de Esportes e Lazer (PBH).  A coordenação da mesa de debates ficará a cargo de Marina de Mattos Dantas, pesquisadora do Grupo de Estudos em Futebol e Torcidas (GEFUT).

Na parte da tarde, haverá dois debates. O primeiro será sobre a questão das “Experiências do Futebol Amador pelo Brasil”, com participação de Mauro Myskiw, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Enrico Spaggiari, professor do Centro Universitário Estácio de São Paulo e editor do site Ludopédio; Rosângela  Duarte Pimenta, professora da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA). O segundo será sobre o tema “Futebol Amador em Belo Horizonte: Memória e Perspectivas”, com participação de Raphael Rajão Ribeiro, técnico do Museu Abílio Barreto e doutorando pela Fundação Getúlio Vargas e Felipe Vinicius de Paula, doutorando no Programa de Estudos do Lazer da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG.

Foto: Kin Saito (CBF Divulgação)

recommend to friends
  • gplus
  • pinterest