Romeu Zema empossa integrantes do Conselho de Transparência e Combate à Corrupção

By

FOTO: Renato Cobucci/Imprensa MG

O governador Romeu Zema empossou, nesta quinta-feira (3/10), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, os membros do Conselho de Transparência e Combate à Corrupção do Governo de Minas. O grupo tem como objetivo principal debater e propor medidas que fomentem melhorias na transparência das informações e fiscalização da aplicação dos recursos públicos, de integridade e combate à impunidade nos órgãos governamentais e medidas de controle social.

Zema, defendeu a autonomia para a Controladoria-Geral do Estado (CGE) exercer o trabalho, considerado essencial para as boas práticas na gestão pública.

“Sempre acreditei muito na transparência, em toda a minha vida profissional, não há caminho melhor do que esse. Vocês (integrantes do conselho) têm todo o meu apoio no acompanhamento dos procedimentos éticos e de fiscalização rotineiros, de forma transparente, onde todos sabem quais são os compromissos a cumprir. Tenho certeza que os bons resultados surgirão”, disse o governador.

O conselho é composto por 12 membros, titulares e suplentes, com representantes do Executivo Estadual – Controladoria-Geral do Estado (CGE), Advocacia-Geral do Estado (AGE), Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) e as secretarias de Estado de Governo, Fazenda e Planejamento e Gestão – e integrantes da sociedade civil organizada, com membros da área acadêmica, da imprensa e da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Minas Gerais. Os membros da sociedade civil foram selecionados por meio de edital público.

O controlador-geral do Estado, Rodrigo Fontenelle, que preside o conselho, explicou que a reunião desta quinta-feira é um marco no trabalho destas temáticas.

“O governador abrir a primeira reunião do conselho é uma demonstração de que o governo reconhece as suas limitações em trabalhar sozinho com esse tema. Esse é o primeiro passo para a gente conseguir modernizar e melhorar as nossas ações no enfrentamento e combate à corrupção e melhorar a nossa transparência, principalmente a ativa. Tenho certeza que a gente vai conseguir evoluir em conjunto com essas temáticas”, afirmou Rodrigo Fontenelle.

As reuniões serão semestrais, feitas de forma presencial ou por videoconferência. As pautas e atas serão publicadas no sítio eletrônico da Controladoria-Geral.

Você pode querer ler

Mais quentes