Estudantes da rede pública de Contagem são destaque em Olimpíadas Científicas da Agência Espacial Brasileira

By

A 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e a 14ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), organizadas pela Agência Espacial Brasileira e pela Sociedade Astronômica Brasileira, premiaram, em 2020, diversos estudantes do Ensino Fundamental e Médio das redes pública e particular.

Em Contagem, estudantes de 13 escolas foram premiados, sendo, da Rede Municipal de Ensino estudantes da Escola Municipal Eli Horta Costa, EM Prof. Geraldo Basílio Ramos, EM do Bairro Tropical, EM Randolfo José da Rocha e da Unidade Riacho da Funec. Ao todo, 43 educandos (as) foram contemplados com medalhas de ouro, prata e bronze.

A participação em Olimpíadas Científicas é importante para estimular e envolver jovens, professores (as) e toda comunidade escolar no conhecimento científico e na pesquisa, conforme relata Tiátira Siqueira Machado, professora de Ciências responsável da Escola Municipal José Silvino Diniz. “A gente procura trazer competições diferentes para a escola, estimular e abrir um leque de oportunidades para o futuro dos estudantes”, destacou a professora.

Tiátira destaca, ainda, a importância de reconhecer a conquista dos estudantes para incentivar mais participações futuras.

Futuro

A escolha profissional dos educandos (as) também é estimulada pela participação em eventos como a OBA e MOBFOG, como é o caso da estudante da Fundação de Ensino de Contagem (Funec) Unidade Riacho Laysa Peixoto, de 17 anos, medalha de prata em sua segunda participação na OBA.

“Descobri as Olimpíadas no segundo ano, mas participei muito em cima da hora, desta vez me preparei melhor. Foi uma experiência muito boa, aprendi muito. Fiz Enem para Física e quero me especializar em Astrofísica e Cosmonáutica”, afirmou Laysa.

Laysa, ainda foi agraciada com uma bolsa de estudos em uma Universidade dos Estados Unidos. “Ganhei a bolsa e fui convidada para a seletiva Internacional das Olimpíadas, que teve a última etapa agora em março. Com a pandemia, estou aguardando a questão da bolsa e me preparando para cursar física na UFMG”, disse.

Entre os (as) estudantes premiados (as) têm aqueles que pretendem seguir outros rumos profissionais, mas sem deixar de lado a participação em outras olimpíadas científicas, como é o caso de Rafaelly de Oliveira, 14 anos, estudante da EM do Bairro Tropical e medalha de bronze na MOBFOG. “Foi uma prova difícil, mas minha professora me ajudou a me preparar e o resultado foi muito bom. Fiquei um pouco surpresa mas muito feliz. No futuro, pretendo ser Advogada ou Médica Veterinária”, destacou Rafaelly.

Para Mariana Teles Aguiar, 15, estudante da EM Prof. Geraldo Basílio Ramos, estudar astrologia e o Universo é uma paixão. Pretende, também, se formar em Pediatria. “Apesar das questões de astronáutica terem sido um pouco difíceis, foi minha primeira vez e fiquei muito feliz de ganhar a medalha de ouro. Minha professora me ajudou muito na preparação e agora quero participar de outras olimpíadas”, afirmou.

Quem também pretende seguir participando de olimpíadas científicas no futuro é a estudante da EM Eli Horta Costa, Ana Luiza Costa Evangelista, 14 anos e medalha de ouro na OBA. “Estudei muito dessa vez, foi minha segunda participação. A professora Luciana, do laboratório de Ciências, sempre me incentivou. Agora é me preparar cada vez melhor para as próximas”.

Ana Luiza ainda não sabe qual profissão vai seguir, mas tem certeza de que continuará se dedicando à ciência. “Não tenho confiança para definir meu futuro agora, gosto muito de números. Mas uma coisa que me chama a atenção na astronomia é a questão da imagem, dos planetas, as cores, os elementos. Arte e ciência estão diretamente ligadas”, conclui a jovem.

MOBFOG

A Mostra de Foguetes geralmente conta com o fator presencial em sua avaliação. A 14ª edição, entretanto, ocorreu virtualmente, em função da pandemia do Coronavírus.

Todavia, isso não foi impedimento para a educanda Beatriz Freitas Coura Silva, 15 anos, medalha de ouro e estudante da EM do Bairro Tropical, única unidade da Rede Municipal de Ensino a participar da MOBFOG nesta edição.

“Quando recebi a notícia fiquei sem acreditar, fiquei muito feliz, a ficha demorou a cair”, vibrou Beatriz, que pretende seguir carreira na Engenharia e Automação.

Beatriz conta que tudo aconteceu muito rápido. “Soube da MOBFOG três dias antes de enviar o projeto. Foram dois dias só para entender o processo. O último dia foi de montagem. Já participei de várias olimpíadas, a escola sempre nos incentiva a participar. Desta vez foi bem difícil, fiquei bem cansada, me dediquei mais”, afirmou.

.

.

Confira a lista com todos os estudantes premiados da Rede Municipal de Ensino e da Fundação de Ensino de Contagem na 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e 14ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG):

Escola Municipal do Bairro Tropical – OBA

Ana Beatriz Andrade Silva – Ouro

Beatriz Freitas Coura Silva – Ouro

Davi Tomaz de Lima – Ouro

Matheus Felipe Anjos Santana – Ouro

Giovana rodrigues de Freitas e Silva – Prata

Rafael Victor Lemos Ferreira – Prata

Ana Luiza de Paiva – Bronze

Danielle Morais Ferreira do Vale – Bronze

Luiz Henrique Assunção Viana – Bronze

Mariana Barroso Silva – Bronze

Nicole Gonzaga Medeiros – Bronze

Sophia Porto Oliveira – Bronze

Escola Municipal do Bairro Tropical – MOBFOG

Beatriz Freitas Coura Silva – Ouro

Caio Luiz Moreira Santos – Ouro

Giovanna Kerche de Oliveira – Prata

Nicole Gonzaga Medeiros – Prata

João Vitor Mendes Silva – Bronze

João Vitor Moreira Costa – Bronze

Rafael Vitor Lemos Ferreira – Bronze

Rafaelly Vitoria Coutinho Oliveira – Bronze

Escola Municipal Eli Horta Costa – OBA

Ana Luiza Costa Evangelista – Ouro

Anna Clara Martins Faria – Prata

Riquelme de Lima Silva – Prata

Arthur Abreu Costa – Prata

Lívia Caldeira Tomaz – Bronze

Giovanna Fiuza Andrade – Bronze

Arthur Souza Fernandes – Bronze

Escola Municipal José Silvino Diniz – OBA

Hilary Mustafá Brandão – Prata

Nicole Beltrame Mandelli – Bronze

Mariane Mageste Sedlnaier – Bronze

Escola Municipal Professor Geraldo Basílio Ramos – OBA

Mariana Teles de Oliveira Aguiar – Ouro

Vitor Henrique de Souza Evangelista Gomes – Bronze

Filipe de Freitas Pereira – Bronze

Davi Amorim de Oliveira – Bronze

Igor Evangelista Torres – Bronze

Philipe Dória Rezende – Bronze

Victor Eduardo Santos Lacerda – Bronze

Escola Municipal Randolfo José da Rocha – OBA

Bernardo Rocha Rhen Moreira – Ouro

Thaylor Kaio Soares Rodrigues – Ouro

Ana Clara Oliveira Costa – Prata

Alice Teixeira Carvalho – Bronze

Jonas Garcia Lemos Lima – Bronze

Funec – Unidade Riacho – OBA

Laysa Peixoto Sena Lage – Prata

Você pode querer ler

Mais quentes