Cultura promove Exposição Virtual “Mulheres Infinitas”

By

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude, por meio do Centro Cultural de Contagem, está promovendo neste mês de março a exposição virtual “Mulheres Infinitas”, em comemoração ao mês da mulher e ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8/3.

Partindo da afirmação de que as mulheres são infinitas, como sugere a poesia de Rayane Leão, que apresenta a mostra, o Centro Cultural de Contagem trouxe oito mulheres, todas artistas residentes em Contagem, para mostrarem seus talentos e como eles se projetam e se afirmam como expressão do universo íntimo de cada uma delas.

As obras das artistas Daniela Moser, Fabiana Santana, Helena Rodrigues, Ivone Beoli, Júnia Marques, Leir Barbosa, Mariane Olímpio e Zi Reis mostram pinturas que fazem crítica social e política, para além de uma grande expressividade estética. Elas abordam arte urbana, graffiti e muralismo, e pinturas com temáticas mais tradicionais, como flores, paisagens e objetos, numa abordagem clássica. Há aquelas que passeiam entre a figuração e a abstração impregnadas de simbolismo e relatividades.

Figuras femininas e seres imaginários também se fazem presentes de forma muito particular. Algumas peças ilustram uma instalação muito intimista, tendo a condição da mulher como ponto de partida para sua profunda reflexão, além de colagens com recortes coloridos de papel e pintura, criando formas líricas e composições que lembram o corpo e a cidade.

Além de serem vistas on-line, as obras estão expostas simultaneamente nos espaços do Centro Cultural, que devido à pandemia está fechado ao público; no hall do prédio administrativo da Prefeitura; e no hall do prédio administrativo da Seduc para serem vistas pelos servidores que trabalham e circulam nos locais.
A mostra pode ser conferida nos links:

https://issuu.com/home/published/exposi__o_virtual_mulheres_eternas
https://www.facebook.com/projetotudoaver/posts/3768320063250154
Secretaria da Cultura (@culturadecontagem)

Repórter: Milla Silva

Foto: Reprodução da mostra

Você pode querer ler

Mais quentes