Sisu UFMG: Prazo para os candidatos se inscreverem vai de 6 a 9 de abril; os resultados devem ser divulgados pelo MEC no dia 13 deste mês

By

Os candidatos que pretendem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para concorrerem a uma vaga na UFMG terão o prazo de 6 a 9 de abril, conforme edital que regulamenta o processo na Universidade para o primeiro período letivo de 2021. A inscrição será realizada virtualmente, à exceção das bancas de verificação de condição étnico-racial (heteroidentificação, complementar à autodeclaração feita por candidatos negros) e de deficiência (PCD). As aulas terão início no dia 17 de maio para estudantes classificados para o primeiro período de 2021 e no dia 13 de outubro para estudantes classificados para o segundo período de 2021.

 

Todo o processo de seleção de candidatos é realizado pelo Ministério da Educação (MEC), com base nas notas alcançadas pelos estudantes no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). A previsão é de que os resultados sejam divulgados pelo MEC no dia 13 de abril. Na sequência, as universidades começam a chamar os selecionados para registro e matrícula. Na UFMG, essa etapa deve ocorrer entre o início de abril e o fim de maio.

Orientações

Para participar do Sisu, é necessário ter concluído ou estar cursando o 3º ano do ensino médio e ter feito o Enem 2020. No momento da inscrição, o candidato deve optar pela modalidade em que concorrerá.

 

As vagas do Sisu são divididas em dois grandes grupos: estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras e estudantes que não cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras

 

No momento da inscrição no Sisu, o candidato deve escolher uma entre as nove modalidades de vagas, que combinam os seguintes critérios: candidatos autodeclarados negros (pretos ou pardos) ou indígenas; candidatos com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita; candidatos com deficiência; candidatos de ampla concorrência (demais candidatos não especificados nas outras modalidades).

 

A classificação e a seleção são feitas exclusivamente na modalidade de vaga na qual o candidato se inscreveu. Não é possível mudar a modalidade de vaga depois de ter feito a inscrição.

 

Comprovação da modalidade de vaga

Uma vez concluída a seleção pelo Sisu, a UFMG vai avaliar se o candidato está  apto a ocupar a vaga na modalidade para a qual ele se inscreveu.

 

Para comprovar essa aptidão, o candidato tem de apresentar a documentação exigida no edital e passar pela avaliação da banca, de acordo com a modalidade que ele escolheu para concorrer.

 

Os procedimentos são os seguintes:

– Candidatos autodeclarados negros (pretos ou pardos): banca de heteroidentificação;

– Candidatos autodeclarados indígenas: reconhecimento como membro de comunidade ou etnia indígena por meio de carta assinada pelas lideranças do povo ou comunidade indígena da qual faça parte;

– Candidatos com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita: entrega de documentação para análise;

– Candidatos com deficiência: banca de verificação e validação da deficiência.

 

Registro acadêmico

O registro acadêmico é o processo que oficializa a entrada do estudante na UFMG. Neste momento de pandemia, os procedimentos estão sendo feitos on-line, com exceção das bancas de heteroidentificação e de verificação e validação da deficiência.

 

Após apresentar a documentação obrigatória, o aluno receberá seu registro na Universidade e terá efetivada a sua matrícula nas disciplinas do primeiro período. As instruções e datas serão divulgadas em ufmg.br/sisu.

 

Para realizar o registro acadêmico, alguns documentos são obrigatórios para todos os candidatos. Outros são específicos para a modalidade de vaga escolhida pelo candidato no Sisu. A lista completa dos documentos obrigatórios está disponível no site.

A lei proíbe a matrícula simultânea em cursos de graduação de universidades públicas diferentes. No momento do registro, o candidato deve estar desvinculado da instituição em que, porventura, esteja matriculado.

 

O candidato pode perder automaticamente a vaga se não efetuar o registro acadêmico, não anexar a documentação obrigatória, não efetuar sua matrícula, não comparecer na data prevista ou não comprovar os requisitos para a modalidade de vaga escolhida.

 

Comprovação de renda

É obrigatório comprovar que a renda de cada membro do grupo familiar foi inferior ou igual a 1,5 salário mínimo, por, pelo menos, três meses antes da inscrição na UFMG. Entram no cálculo rendimentos de qualquer natureza. O candidato deve enviar comprovantes de renda de todos os membros do seu grupo familiar.

 

A análise socioeconômica dos candidatos é feita por assistentes sociais da UFMG e da  Fundação Mendes Pimentel (Fump). O anexo 2 do edital do Sisu traz o detalhamento de todas as informações referentes à comprovação de renda.  Em caso de dúvidas sobre a análise socioeconômica deve-se enviar um e-mail para reservadevaga@drca.ufmg.br.

 

Documentos para candidatos com deficiência

Além de todos os documentos obrigatórios gerais, o candidato com deficiência deve apresentar relatório médico com indicação do tipo de deficiência e as limitações impostas por ela. O candidato também deverá comparecer pessoalmente à banca de verificação e validação da deficiência, que pode solicitar novos exames ou a realização de uma perícia médica.

 

Banca de heteroidentificação

Os candidatos que se autodeclararem negros (pretos ou pardos) serão chamados para comparecer presencialmente à banca de heteroidentificação. A banca observa as características fenotípicas, ou seja, as características físicas do candidato, para confirmar o pertencimento étnico-racial declarado. Não serão consideradas as características físicas dos ascendentes do candidato, como pais, avós e outros.

 

Caso o candidato não possa comparecer à banca por causa da pandemia, deve fazer seu registro normalmente e informar a impossibilidade de comparecimento. Assim, será chamado no próximo período letivo ofertado no seu curso.

 

Lista de espera e antecipação de entrada

O candidato pode manifestar interesse no site do Sisu em participar da lista de espera. O período para esse procedimento é estipulado a cada edição do Sisu. Posteriormente, o candidato também informa seu interesse no site Sisu UFMG.

 

O aluno aprovado para o segundo período letivo pode ser convocado a antecipar sua entrada para o primeiro período letivo, se houver vagas. Se isso ocorrer, ele deve, obrigatoriamente, fazer o registro acadêmico para o primeiro período letivo. Quem não fizer isso, perde o direito à vaga.

 

Para saber se a entrada foi antecipada, o aluno deve sempre acompanhar as informações publicadas na página Sisu UFMG.

 

Jogo on-line revela a diversidade da UFMG

O Eu na UFMG é um jogo de tabuleiro on-line em que os estudantes podem vivenciar uma experiência nos campi da UFMG. Ao longo da imersão, o usuário tem a oportunidade de conhecer as particularidades da Universidade, suas unidades acadêmicas, benefícios oferecidos aos alunos e funcionamento dos cursos, entre outras informações.

 

O jogo foi concebido para apresentar a diversidade da instituição aos seus futuros estudantes. A ideia surgiu na época da Mostra Sua UFMG, evento que, neste ano, foi on-line e teve mais de 33 mil acessos. O formato do jogo e os caminhos que podem ser percorridos pelos jogadores estão relacionados ao objetivo da UFMG de propiciar a seus estudantes, além de preparação profissional, uma formação abrangente, humana e cidadã.

Foto: Gabriel Araújo / UFMG

Você pode querer ler

Mais quentes