Direitos Humanos se reúne com regionais administrativas para ampliar atendimento à população idosa após a pandemia

By

A Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania promoveu uma série de encontros com as equipes das oito regionais administrativas, durante os meses de junho e julho. O intuito da pasta é de planejamento das ações voltadas para a população idosa nos territórios, após a pandemia da Covid-19.

Para o secretário de Direitos Humanos e Cidadania, Marcelo Lino, as políticas públicas para a população idosa são essenciais para a garantia de proteção, dignidade, respeito, bem como a redução da violação de direitos. “A Prefeitura de Contagem trabalha junto à sociedade civil para criar uma cidade que respeite a pessoa idosa e compreenda essa fase da vida”, afirma.

A Superintendência de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa fez um levantamento de informações e equipamentos públicos para o diagnóstico das atividades existentes em cada território para pessoa idosa, incluindo os espaços físicos onde os atendimentos são realizados. “Vamos avaliar propostas para implementar atividades nos bairros apontados pelas regionais, sempre preocupados em prestar um atendimento de qualidade ao idoso, além de ampliar o trabalho ofertado em toda a cidade”, disse o superintendente Eduardo Sendon.

A superintendência tem disponibilizado também vídeos por meio de grupos de WhatsApp. O conteúdo voltado para a pessoa idosa é produzido pela assessoria de comunicação, com a abordagem de temas sobre atividade física, artesanato, dicas de internet, saúde e dança.

O idoso cadastrado nas atividades da superintendência também recebe o atendimento do “Disk Carinho” – uma ação que objetiva minimizar a solidão provocada pelo distanciamento social, em decorrência da pandemia. O serviço é feito por meio de contato telefônico, permitindo que o idoso ou idosa expresse seus sentimentos, medos e inseguranças, além de compartilhar vivências. Durante três meses, foram realizadas 2.697 ligações e 660 idosos receberam vídeos por WhatsApp.

Repórter:

Você pode querer ler

Mais quentes