Um jabuti e uma siriruia são protagonistas de novo livro infantil da Editora UFMG

By

Obra de divulgação científica para crianças faz parte do catálogo do selo Estraladabão

O encontro entre um jabuti de mais de cem anos e uma siriruia, uma espécie de borboleta que vive apenas um dia, é o centro de uma narrativa cheia de reflexões no novo lançamento do Estraladabão, selo de divulgação científica para crianças da Editora UFMG. O jabuti e a siriruia: o ciclo da vida, da professora de literatura Márcia Abreu, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), traz infomações científicas sobre a biologia e o comportamento dos dois personagens da história. O livro tem 63 páginas e está disponível para venda no site da Editora UFMG.

Cheio de cenas surpreendentes e reviravoltas, O jabuti a siriruia tem ritmo de cinema, com desenhos do ilustrador e quadrinista Bira Dantas. Segundo ele, a inspiração são as animações da Pixar: “Eu quis fazer algo novo para história, criar a impressão de ação, usar onomatopeias, uma forma de trazer o cinema e os quadrinhos para o livro. A história tem muitos detalhes, coisas que talvez vão passar desapercebidas pelo olhar de uma criança, mas nada que atrapalhe a experiência dela com a aventura que se desenrola no livro”, conclui Dantas.

Sobre a experiência de leitura, Márcia Abreu também reflete: “Algumas mensagens podem parecer complexas, mas cada leitor foca um aspecto. Se a criança se sente sozinha ou está passando por bullying, ela vai perceber a solidão do jabuti. Se é uma menina que está apaixonada, ela vai vibrar com o momento em que siriruia conhece o namorado. Se é uma criança com deficiência, ela vai notar que a siriruia tem uma das asinhas torta”. Para a autora, o encontro de dois seres tão diferentes, que cooperam para superarem juntos as dificuldades, é uma mensagem sobre aceitação, respeito e inclusão. É também uma história sobre o tempo e como nós o vivemos. Porque,  nem sempre, viver muito é bom. Nem sempre, um único dia é pouco.

Resumo

Tudo começa com um passeio até o riacho. O jabuti caminhava lentamente em direção ao seu lugar favorito, debaixo da mangueira. Ele levaria um dia para chegar, observando cada detalhe do caminho, como já tinha feito tantas vezes. O jabuti vivia sozinho naquele sítio, sem outro da sua espécie, e os humanos há muito tempo não se interessavam por ele.

Debaixo da água, as ninfas esperavam o momento de se transformarem em siriruias e darem o seu primeiro voo. O espétaculo do nascimento, logo nas primeiras luzes da manhã, chama a atenção do jabuti e o faz conhecer uma delas, presa ainda na casca. Sozinha e tendo apenas o jabuti como companheiro, a siriruia o convence a partir numa aventura em busca do seu bando, naquele que seria o dia mais intenso da longa vida do jabuti.

Estraladabão

Selo de divulgação científica para crianças, criado pela Editora UFMG em 2018. São várias obras avulsas e três coleções: Universidade das CriançasBicho Sapiens e Uma pergunta, várias respostas. O selo possui um conselho editorial formado por professores e pesquisadores da UFMG de várias áreas do conhecimento. Em 2020, lançou seu primeiro edital público para seleção de originais, ação que será realizada periodicamente.

O jabuti e a siriruia: o ciclo da vida

Márcia Abreu

Ilustração: Bira Dantas

Estraladabão

2021, 1ªedição, 63 páginas. ISBN: 978-85-531-2815-0

Dimensões: 20 x 14

Preço: R$45,00

www.editoraufmg.com.br/estraladabao

Você pode querer ler

Mais quentes