Prefeitura intensifica as obras do viaduto Beatriz e inicia concretagem de vigas e lajes

By

Mais uma etapa da reestruturação do Complexo Viário do bairro Beatriz, no Eldorado, começou a ser executada nesta sexta-feira (24/9), com a concretagem das vigas e lajes do viaduto. Com isso, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos – Semobs, executa com agilidade o cronograma de entrega das intervenções, que irão facilitar a vida dos cidadãos que passam por um dos pontos de tráfego mais intensos do município. Ao todo, cerca de 80 mil veículos transitam diariamente pelo trecho, que tem expressiva circulação de caminhões e carretas.

A etapa de concretagem das vigas e lajes do viaduto está prevista para ser concluída na primeira quinzena de outubro. Não foi necessário realizar paralisação do trânsito ou estreitamento de pista para a execução da operação. Uma equipe composta por 32 colaboradores atua diuturnamente na execução segura dos trabalhos.

Benefícios aos contagenses

De acordo com o subsecretário de Obras, Jaci Cota Teixeira, a reestruturação do complexo vai desafogar o trânsito, que costuma ficar estrangulado no local. “É um investimento da Prefeitura que possibilitará conforto ao cidadão, em área onde a situação é atualmente caótica”, afirmou. O coordenador da Unidade de Gerenciamento das Obras de Mobilidade da Semobs, Lúcio Sena, completa que as intervenções no Complexo do Beatriz são, na verdade, um conjunto de ações, que resultarão também em segurança viária.

“Esse aumento da capacidade de tráfego na região vai melhorar muito o ganho de tempo para as pessoas, evitando engarrafamentos que acontecem hoje, como também a prevenção a acidentes”, disse. Atualmente, a obra gera 100 empregos diretos e outras 200 contratações indiretas.

A obra 

Demanda antiga da população, a reestruturação do Complexo Viário do Beatriz foi retomada em fevereiro de 2021, após a Prefeitura cobrar a revisão e a renegociação para a continuidade das obras que estavam paralisadas há mais de um ano.

Com a retomada, o nível de execução das obras dobrou. Em dezembro de 2020, apenas 30% das intervenções foram realizadas. Em junho deste ano, o índice pulou para 60%. A previsão é que as obras sejam entregues no fim do segundo semestre de 2021.

A reestruturação do Complexo Viário do Beatriz contempla a ampliação dos dois viadutos que compõem o trecho. Com a conclusão, o número de faixas dos elevados passará de duas para quatro no sentido Eldorado e para três no sentido contrário à Sede. As faixas centrais, nos dois sentidos, serão de passagem exclusiva para o Sistema Integrado de Mobilidade – SIM.

Outras intervenções também estão previstas nas vias adjacentes, como a adequação viária da avenida Carmélia Dutra, que dá acesso ao bairro Beatriz, e o sentido duplo de tráfego da rua José Pedro de Araújo, que liga o bairro Beatriz à avenida João César de Oliveira. Demais melhorias são a redução da inclinação de rampas, evitando quebra de veículos e o alargamento das alças para melhorar o raio de giro dos ônibus e carretas. O custo da obra é de R$ 15 milhões 507 mil, financiados pelo Programa de Aceleração do Crescimento – PAC.

O Complexo Viário do Beatriz contempla ainda a implantação do Corredor Norte-Sul, que vai interligar as regiões da Cidade Industrial e Nova Contagem por meio da construção do Terminal Sede, em frente ao 18º Batalhão da Polícia Militar, e Terminal Darcy Ribeiro, em frente à entrada do bairro homônimo na LMG-808.

Colaboração Lucas Costa

Repórter: Anderson Rocha

Você pode querer ler

Mais quentes