Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito destaca a força e a importância do setor

By

As cooperativas financeiras de Minas Gerais movimentaram, em 2020, mais de R$ 33,6 bilhões e geraram mais de 13 mil empregos

No dia 21 de outubro, terceira quinta-feira do mês de outubro, cooperativas financeiras de todo o mundo vão celebrar o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito – DICC. Este ano, o tema escolhido pelo Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (World Council of Credit Unions – Woccué “Construindo saúde financeira para um futuro melhor”.

A data tem como objetivo comemorar o poder transformador e as realizações do Cooperativismo Financeiro pelo mundo e possibilitar a reflexão e o debate sobre o importante papel que as cooperativas desempenham para melhorar a vida das comunidades e dos cooperados.

De acordo com dados apurados pelo Woccu, mundialmente, cerca de 291 milhões de membros são atendidos por mais de 86 mil cooperativas de crédito em 118 países.

Cooperativismo Financeiro no Brasil

Instituições financeiras sem fins lucrativos e de propriedade dos seus cooperados, as cooperativas de crédito vêm crescendo a cada ano e reforçando sua importância no cenário econômico brasileiro. O cooperativismo financeiro já representa 10,74% do estoque de empréstimos e financiamentos no país. Há cinco anos, esse valor era de 6,64%.

Segundo o Panorama do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo, do Banco Central do Brasil, o ano de 2020 finalizou com um total de 847 cooperativas singulares no Brasil, 34 centrais e 4 confederações.

De acordo com o levantamento, mesmo com o contexto de pandemia, no ano passado as cooperativas aumentaram sua rede de atendimento em 417 pontos. Em dezembro de 2020, o cooperativismo de crédito estava presente em 2.788 cidades do país, o que corresponde a 50,1% do total de municípios. Em 231 cidades, as cooperativas são a única instituição financeira presente. O total de pontos de atendimento totalizou 7.238, quando consideradas também as sedes das cooperativas.

O número de pessoas ligadas às cooperativas de crédito ultrapassou 11,9 milhões, sendo 10,2 milhões de pessoas físicas. Os associados Pessoa Jurídica já somam 1,7 milhão. O percentual da população associada a cooperativas de crédito aumentou em todas as regiões, alcançando 4,9% no país. Os ativos totais do Serviço Nacional de Consultas Cadastrais atingiram o valor de R$ 371,8 bilhões em dezembro de 2020, crescimento de 35,8% ao ano, com taxa de crescimento superior ao do Sistema Financeiro Nacional – SFN, que foi de 25,5%.

Cooperativas de crédito em Minas Gerais

Com um conjunto de produtos e serviços atraentes e preços e taxas competitivos, o ramo vem conquistando mais adeptos e se destacando com números expressivos. Em Minas Gerais existem, atualmente, 193 cooperativas de crédito, 25% do total de cooperativas do Estado. Estas instituições estão presentes em 586 cidades, 68,7% dos municípios, com 1.205 Postos de Atendimento (PA’s e agências). Em 84 cidades mineiras, as cooperativas de crédito são as únicas instituições financeiras presentes.

Cerca de 1,7 milhão de pessoas, 23,8% dos mineiros, estão envolvidas no Cooperativismo de Crédito, o que representa 81% dos cooperados de todo o Estado. O segmento gerou mais de 13,4 mil empregos – 28% do total da geração de empregos do cooperativismo mineiro.

Em 2020, a movimentação econômica das cooperativas de crédito foi de R$ 33,56 bilhões, o que corresponde a 46% do valor movimentado pelo cooperativismo de Minas Gerais. Nos últimos cinco anos, o crescimento da movimentação econômica foi de 98%, sendo de 34% o acréscimo no último ano.

“Sabemos que o cooperativismo é a maneira mais segura e eficaz de avançarmos enquanto sociedade e evoluirmos, com justiça financeira e social. Neste sentido, o momento tem sido de fortalecimento do cooperativismo financeiro. As cooperativas de Crédito, através de suas centrais, atuam com eficiência e eficácia financeira e comercial, no atendimento e concessão de crédito aos micros e pequenos empresários.”, afirma Ronaldo Scucato, presidente do Sistema Ocemg.

Fortalecendo o cooperativismo de crédito em Minas

Por meio do Sescoop-MG – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Minas Gerais, o Sistema Ocemg tem um portfólio de cursos e serviços que contribuem para o fortalecimento e a profissionalização dos dirigentes cooperativistas e funcionários das cooperativas de crédito mineiras, como programas de preparação para Conselheiros, de formação em Gestão, de atendimento e de Análise de Crédito, entre outros.

O Sistema Ocemg

O Sistema Ocemg é formado pela junção de duas instituições: o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg), órgão de representação política, sindical-patronal e de defesa do cooperativismo no Estado; e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Minas Gerais (Sescoop-MG), responsável pelas atividades de formação profissional, monitoramento e promoção social das diversas cooperativas de Minas. A Ocemg ainda integra a Federação dos Sindicatos das Cooperativas dos Estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e Santa Catarina (Fecoop-Sulene).

Imagem de Nattanan Kanchanaprat por Pixabay

Você pode querer ler

Mais quentes