A bola está parada na cidade de Contagem

By

Por Rosemir de Jesus

Quase 60 dirigentes de entidades amadoras se uniram pela moralização do futebol e da Liga Desportiva de Contagem

Os representantes dos clubes filiados a Liga se reuniram e tomaram decisão conjunta. Foram a Câmara de Vereadores e o secretário de Esportes para expor as reivindicações do grupo. Abaixo segue as principais pautas
debatidas no encontro com os gestores públicos: Durante anos, a Liga Desportiva de Contagem disse que o dinheiro que vinha dos alugueis era usado para pagar os funcionários. Mas a verdade é que a Secretaria de Esportes que arcava com as despesas. Os clubes sentem lesados, porque nunca houve prestação de contas do dinheiro arrecadado.
A Liga de Contagem contava apenas com um fornecedor de material esportivo. O fato dos responsáveis pela Liga se
omitirem de buscar outras empresas com o intuito de privilegiar a concorrência e a economia do dinheiro
público indignou os times. Temos conhecimento que os convênios não precisam ter licitação, mas sim três orçamentos. Ficou comprovado nas análises dos documentos que as empresas consultadas eram sempre as mesmas.
As duas empresas que apresentavam orçamento têm o mesmo dono. Ou seja, não havia uma pesquisa de preço justa
e nem uma pesquisa de mercado para se adquirir a compra com o melhor preço. Em relação aos exames médicos, o plano de trabalho apresentado pela Liga previa a contratação de um valor X pra este serviço. Mas a diferença de se fazer a totalidade dos exames é que com os recursos empregados pela Liga, o município conseguiria fazer pra todos
os atletas por 1/4 do valor do que era gasto apenas para 2000 atletas pela Liga. A secretaria pagava atestado para todos os jogadores e a liga não permitia que todos os clubes tirassem os atestados para todos os jogadores. A Liga durante décadas não se preocupou em ajudar os clubes a se manter. Nos últimos anos, vários clubes deixaram de existir. Hoje com as novas leis em vigor, muitos outros deixarão de existir. A atual gestão não cumpriu as promessas de campanha. Falta de regularidade fiscal é mais um problema. A Liga não tem as certidões e com isso perdeu
o convênio com o poder público e não pode participar de outras formas de capacitação de recursos para contribuir com os clube. Exposto os problemas os dirigentes solicitaram a atual gestão da Liga:
• O cancelamento dos arbitrais de todas as divisões.
• A dissolução do Tribunal da Liga Desportiva de Contagem
• Renúncia da atual gestão e convocação de novas eleições no prazo estipula dono Estatuto da Liga Desportiva de Contagem
• Semana que vem traremos mais esclarecimentos.
Um abraço fraterno a todos.
Rosemir de Jesus

 

Você pode querer ler

Mais quentes