ALMG integra esforços para enfrentamento do período chuvoso

By

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), participou, no domingo (26/1/20), de uma reunião de emergência para discutir ações de enfrentamento e prevenção durante o período chuvoso no Estado. Neste início de ano, Minas Gerais tem registrado índices de chuvas muito superiores à média histórica para janeiro.

Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MG), os transtornos vêm afetando centenas de municípios mineiros. A reunião para alinhamento de esforços ocorreu no Hangar do Governo de Minas, no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte.

Além do chefe do Legislativo, a reunião contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; do governador Romeu Zema; do presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias; e do procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet.

A reunião também teve a participação de sete prefeitos de municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). São eles: de Belo Horizonte, Alexandre Kalil; de Betim, Vittorio Medioli; de Contagem, Alex de Freitas; de Sabará, Wander Borges; de Ibirité, William Parreira; de Santa Luzia, Christiano Xavier; e de Raposos, Sérgio Silveira.

Ainda estiveram presentes o coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil; o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Lacerda, que é prefeito de Moema; além de secretários de Estado e dos comandantes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Cedec-MG.

Viemos debater medidas emergenciais para mitigar os impactos decorrentes da maior ocorrência de chuvas já registrada em Minas Gerais. A nossa atuação é voltada tanto à assistência às pessoas que perderam suas casas, quanto à intensificação de medidas preventivas em áreas que ainda estejam sujeitas a situações de risco. A Assembleia Legislativa permanece ao lado da população mineira, prestando todo o apoio necessário. A segurança das pessoas é a nossa prioridade”, afirmou Agostinho Patrus.

O ministro Gustavo Canuto informou que o governo federal disponibilizou recursos para auxiliar os municípios na reparação dos danos. De acordo com ele, um total de R$ 90 milhões já está disponível para o apoio a cidades brasileiras afetadas pelos temporais.

“É importantíssimo que os prefeitos, unidos, possam nos apresentar as demandas, para que o governo federal possa repassar os recursos necessários para trazer esse mínimo de alento para quem perdeu quase tudo o que tinha”, explicou o ministro.

Luto Estadual – Ainda no domingo (26), um decreto publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado estabeleceu luto oficial de três dias, em toda Minas Gerais, em sinal de pesar pelas vítimas dos desastres ocorridos no Estado, decorrentes das chuvas.

“A Assembleia está ao lado dos órgãos de Defesa Civil e Segurança Pública, que atuam diuturnamente no enfrentamento a esses transtornos. Reforço, também, a importância das medidas de prevenção, fundamentais durante as chuvas, e de seguirmos as orientações necessárias para a segurança de todos”, ponderou o presidente da Assembleia.

Presidente faz sobrevoo em áreas afetadas pelas chuvas

Logo após a reunião, Agostinho Patrus fez um sobrevoo em áreas afetadas pelas chuvas, com o ministro Gustavo Canuto, o governador Romeu Zema, o desembargador Nelson Missias e o procurador-geral, Antônio Tonet.

A comitiva desembarcou no município de Manhuaçu (Zona da Mata), onde os temporais dos últimos dias provocaram diversos estragos. Além de percorrer locais afetados, Agostinho Patrus reuniu-se com prefeitos e lideranças comunitárias da região, quando discutiu medidas emergenciais de apoio aos municípios.

A Defesa Civil do Estado vem atualizando diariamente o número de mortos, desabrigados, desalojados, bem como os decretos de situação de emergência. Após a reunião com lideranças da Zona da Mata, Agostinho Patrus voltou a lamentar os desastres provocados pelas chuvas.

“Em nome da Assembleia de Minas, externo meu mais profundo pesar pelas mortes e pelo desaparecimento de pessoas em razão de deslizamentos e enxurradas provocados pelas chuvas no nosso Estado. Manifesto também minha preocupação quanto aos desabrigados, aos que tiveram prejuízos dos mais variados e aos que ainda estão sob risco”, lamentou Agostinho Patrus.

Foto: As fortes chuvas que atingem o Estado neste mês de janeiro levam autoridades a organizar esforços para minimizar danos – Arquivo ALMG – Foto:Guilherme Dardanhan

Você pode querer ler

Mais quentes