BRASILEIRA ECOBONUZ SURPREENDE O MERCADO INTERNACIONAL DURANTE O MOVE 2020

By

Primeiro programa de benefícios para usuários do transporte coletivo urbano e rodoviário do Brasil foi uma das inovações apresentadas na maior conferência de mobilidade do mundo

As discussões em torno do futuro da mobilidade urbana são de proporção mundial. Na última semana, líderes empresariais, governamentais e setoriais se reuniram em Londres (UK) para debater desafios e tendências do segmento no maior evento de mobilidade do mundo: o Move 2020.  Um seleto time de empreendedores brasileiros foi convidado para apresentar suas inovações na conferência, mostrando como elas impactam a vida de milhares de pessoas. Entre as escolhidas, a startup mineira Ecobonuz, que criou o primeiro programa de benefícios para usuários do transporte coletivo urbano e rodoviário do país.

O Move 2020 recebeu mais de 8 mil pessoas, que conferiram apostas relacionadas à tecnologia da indústria automobilística, combustível, bilhetagem, entre outras. A Ecobonuz se destacou em meio à programação como a única inovação voltada para a fidelização do usuário de ônibus, uma abordagem inédita no painel. Durante a palestra “Reinvestindo nos clientes: recompensas para fidelização no setor de transporte de passageiros”, Matheus Ganem, sócio-fundador da empresa, falou sobre a dinâmica e os resultados alcançados pelo programa de relacionamento, que, há dois anos, propõe um conceito “ganha-ganha” à lógica da mobilidade urbana de mais de 30 cidades do Brasil.

A ideia de converter o comportamento de uso dos passageiros em benefícios tem engajado cada vez mais os participantes e as empresas do setor. “O transporte coletivo é uma base importante da mobilidade mundial, pois traz mais dinamicidade e menos poluição ao trânsito. A nossa solução propõe uma nova perspectiva ao sistema, oferecendo recompensas que, realmente, fazem sentido ao usuário, o que torna o serviço mais atrativo ao consumidor final. Isso é possível a partir de uma análise de dados estratégica e inteligente, que apoia à gestão das empresas do setor e gera uma melhor rentabilidade, com o aumento nas taxas de engajamento, antecipação da venda de bilhetes (rodoviários) e ticket médio de recarga”, afirma Matheus Ganem, sócio fundador da Ecobonuz, destacando que o objetivo da plataforma é incentivar a opção pela modalidade, desafiada atualmente pelos novos modais, como aplicativos de transporte e veículos elétricos.

A comparação entre dinâmica, investimento e resultados alcançados despertaram o interesse de líderes do segmento de várias partes do mundo, que visitaram o stand da Ecobonuz para conhecer os seus aprendizados. “A receptividade do mercado internacional foi muito positiva. Muitos deles não tinham conhecimento de uma solução nestes moldes. Durante o evento, atendemos líderes de empresas e representantes do poder público de diferentes partes da Europa, como Portugal, Dinamarca e Reino Unido. Todos estavam interessados em entender a lógica do negócio e sua aplicabilidade. Mostramos a eles que a implantação é perfeitamente possível, mesmo em cenário internacional, já que atuamos em cidades que têm população maior do que muitos países”, explica.

Para o executivo, a oportunidade de representar o Brasil no Move 2020 consolida o trabalho que vem sendo realizado pela empresa em parceria com o setor de transportes nacional. “A mobilidade urbana vive um momento decisivo e disruptivo, que desafia todo o seu ecossistema. Por isso, modelos de negócio como o nosso, que aplica inteligência de dados à experiência do consumidor, têm grande potencial. Ficamos honrados com o convite de integrar esse fórum tão importante para o segmento e mais ainda ao perceber que a solução que desenvolvemos aqui no Brasil – e que tem dado muito certo –  tem um grande potencial de internacionalização”, ressalta Matheus, que nas próximas semanas seguirá uma agenda de encontros com players interessados na plataforma.

Você pode querer ler

Mais quentes