Contagem oferta teste RT-PCR para Covid-19 nas Unidades Básicas de Saúde

By

O morador do Bairro Bela Vista, na Regional Sede, Luiz Fernando foi o primeiro contagense a realizar o teste de RT-PCR na Unidade Básica de Saúde (UBS). “Achei muito rápido”, destacou Luiz

No início de setembro, a Secretaria de Saúde de Contagem realizou a capacitação de profissionais das UBS’s do município para a realização dos testes RT-PCR em uma unidade referência de cada distrito. O morador poderá ir na UBS mais próxima de sua casa, caso seja sintomático respiratório e atenda aos critérios, será encaminhado para a unidade de referência que realizará o teste.

A referência técnica da Atenção Básica, Ivana Andrade, destacou que nesse momento epidêmico, o Estado está disponibilizando o exame de RT-PCR, que se baseia na detecção de sequências únicas de RNA viral. “Esse tem sido o método de referência no Brasil para confirmar Covid-19″.

Ivana destaca que por se tratar de um teste de detecção de RNA viral, é necessário que ele seja realizado na fase aguda, entre o 3º dia e o 7º dia após o início dos sintomas. “Sendo assim, as UBS’s deverão realizar atendimento preconizado por meio da metodologia Fast Track , ou seja, ao identificar o paciente sintomático que se enquadre nos critérios citados a seguir, deverá ser ofertado o exame RT-PCR”.

O objetivo é garantir que haja ainda mais assertividade no diagnóstico de novos casos da Covid-19, diminuindo assim, possíveis casos de falsos positivos, garantindo um mapeamento maior do vírus no município. Assim, medidas de prevenção mais eficientes podem ser tomadas com maior resultado no combate ao coronavírus.

A Prefeitura de Contagem informa que a oferta do teste na Regional Riacho iniciará nas próximas semanas. Os outros sete distritos já contam com o teste.

A coleta de amostra (RT-PCR) para Covid-19 na Atenção Primária será determinada a partir dos seguintes critérios:

  • Idosos com idade igual ou superior a 60 anos, sintomáticos;
  • Populações ou grupos sociais de alta vulnerabilidade (indígenas, quilombolas, ciganos, circenses e população em condições de rua), sintomáticos.

Pacientes sintomáticos, com as seguintes condições clínica:

  • Doenças cardíacas descompensadas
  • Insuficiência cardíaca mal controlada
  • Doença cardíaca isquêmica descompensada
  • Doença cardíaca congênita
  • Doenças respiratórias descompensadas
  • DPOC e asma mal controlados
  • Doenças Pulmonares intersticiais com complicações
  • Fibrose cística com infecções recorrentes
  • Displasia broncopulmonar e com complicações
  • Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade
  • Doenças renais crônicas em estágio avançado (grau 3, 4 e 5)
  • Paciente em diálise
  • Imunossupressão ou imunodepressão por doenças e/ou medicamentos (em vigência de quimioterapia/radioterapia, entre outros medicamentos
  • Transplantados de órgãos sólidos e de medula óssea
  • Portadores de doenças cromossômicas e com estado de fragilidade imunológica (ex. síndrome de Down)
  • Diabetes, especialmente descompensada (conforme juízo clínico)
  • Gestantes
  • Doença hepática em estágio avançado
  • Obesidade (IMC≥40Kg/m2)

Esse teste é considerado o padrão-ouro no diagnóstico da Covid-19, cuja confirmação é obtida através da detecção do RNA do SARS-CoV-2 na amostra analisada, preferencialmente obtida de raspado do nariz.

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adélcio Ramos

Você pode querer ler

Mais quentes