Cursinho gratuito oferecido por alunos da UFMG prepara candidatos para o Enem

By

As inscrições para o Cursinho Popular Humanizar, preparatório gratuito para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), estão abertas até o dia 5 de janeiro de 2020, por meio de um formulário eletrônico. O curso é organizado voluntariamente por estudantes da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) da UFMG.

O objetivo é auxiliar estudantes ou egressos da rede pública de ensino, com  baixa renda, a acessar o ensino superior. Para se inscrever, é preciso ter concluído o ensino médio ou cursar, em 2020, o 3º ano do ensino médio em escola pública municipal ou estadual e ter renda familiar bruta mensal per capita inferior a 1,5 salário mínimo.

São de 80 a 160 vagas, a depender da disponibilidade de salas, 25% das quais reservadas a ex-alunos do curso. Essa reserva de vagas é para dar condições aos alunos de uma melhor preparação, ao continuarem a frequentar as aulas. A  seleção será por critério socioeconômico e não é cobrada nenhuma taxa de  inscrição. Quem já fez ou está cursando ensino superior não pode participar do projeto.

As aulas serão de fevereiro a novembro de 2020, de segunda a sexta-feira, das 18h às 22h30, no campus Pampulha, para alunos iniciantes. Para ex-alunos do cursinho, as aulas terão início em março, nos mesmos dias e horários.

A divulgação da lista de pré-selecionados e confirmação de interesse será no dia 6 de janeiro. A matrícula presencial dos selecionados será realizada nos dias 9 e 10 janeiro.

Humanizar
O projeto de extensão da Fafich teve início em 2018 com a proposta de ser um espaço onde todos, alunos e voluntários, pudessem contribuir com a construção e expansão do projeto.

O curso tem como foco o Enem, portanto, aborda todas as matérias exigidas no exame. Conta com monitorias no horário da tarde, de segunda a sexta-feira, das 16h às 18h. Os sábados são reservados para atividades especiais, como aulões e reposição de matéria.

Mais Informações pelo e-mail cpvfafich@gmail.com ou pela página do Facebook

Você pode querer ler

Mais quentes