EVOLUÇÃO AO SENSO DE JUSTIÇA

By

Por Vandernilson de Araújo

Advogado

Ninguém duvida da importância da Justiça para garantia do Estado
Democrático de Direito,entretanto estamos vivendo inúmeras atribulações que muitas vezes podemos pensar em como o Senso de Justiça age em cada um de nos.
O Senso de Justiça é uma virtude moral que está presente em cada um de nós, é o ato de praticar a justiça, agindo conforme sua honra, liberdade, princípios, direitos e principalmente deveres.
Neste sentido vou contar uma história do pai de um grande amigo que era Coronel da Policia Militar
do Estado de Minas Gerais:
Este amigo estudava em um famoso colégio de Belo Horizonte voltado aos filhos de militares, um dia precisavam desenvolver um trabalho em grupo e todos os colegas de turma foram para sua casa, seu pai um homem muito honrado, sistemático e justo chegando em casa viu alguns adolescentes em estudo e perguntou do que se tratava? Todos ficaram em silencio e um dos atores disse a seguinte frase:
– O senhor é o Coronel “fulano”, meu pai disse que o Senhor é o Coronel mais rígido de toda Policia Militar de Minas Gerais e quem mais “deu cadeia” para a corporação!!!
O Coronel sem pensar duas vezes, respondeu de imediato a frase do garoto:
– Ótimo, então pergunte ao seu pai se alguma destas decisões foram injustas!!!
No dia seguinte o pai deste jovem ator, foi até a casa do “Coronel” agradece-lo a lição dada ao filho!!!
Todos nós somos exemplos para nossos filhos, nossas ações serão
repetidas diariamente por aqueles a quem educamos, criamos, por isso as decisões que tomamos em nossas vidas devem ser as mais justas possíveis dentre os princípios aos quais acreditamos como veículos de conduta humana.
O senso de justiça transmitido aquele adolescente de forma simples,
não significa uma punição, mas sim que o exemplo de respeito as normas, deve ser seguido não pela punição, mas sim simbolizando
que a justiça se aplica a todos, que ninguém está acima da Lei.
Aqueles adolescentes aprenderam a valorizar os exemplos, se tornaram homens e mulheres dignos e assim transmitiram para aqueles que os cercam o senso de justiça.
E agir com justiça significa agir com a consciência, com equidade e mesmo com todas os desafios atuais sobre moralidade humana, se faz necessário desenvolver a consciência humana a uma compreensão sobre o que seja JUSTO.
Desenvolver o senso de justiça, não é aceitar quando uma situação não lhe convém, mas atuar quando outras pessoas estão sendo injustiçadas. Ter hombridade para atuar é inerente a sexo, condição
social, financeira ou religiosa, mas está totalmente ligada a tudo ao proposito que se tem de vida.
Utilizando esta abordagem como referência, temos o dever de dizer que ser justo é diferente de agir com o senso de justiça, apesar de caminharem lado a lado, ser justo é agir com imparcialidade, integridade, enquanto, me dou a liberdade de reiterar o senso de justiça está ligado diretamente a praticar a justiça, tendo a justiça ao seu lado, administrando-a.
Estudos comprovam que as crianças desenvolvem o senso de justiça a partir dos 4(quatro) anos, (uau) sim, as crianças começam a formar a Força do Caráter, da Equidade, ainda na educação infantil,
por isso os exemplos são essenciais para nortear as futuras gerações.

Portanto desenvolver aquele sentimento de empatia, de tomar as dores dos outros, evoluindo em resposta a necessidade de cooperar com outros indivíduos em prol de uma sociedade melhor.

Desenvolver o senso de justiça é uma tarefa difícil, alguns não estão preparados, mas é a base para uma sociedade melhor, mas só vamos conseguir evoluir para um senso completo de justiça com educação. E uma Evolução Social só vem com EDUCAÇÃO!!!

Você pode querer ler

Mais quentes