FEMINISMO, SIM. FEMISMO, NÃO!

By

Por: Deborah Moreira (*)

Que ninguém gosta de ser injustiçado, isso é fato. Mas sobre cometer injustiças, será que nós não fazemos isso inconscientemente? Será que a mulher, nos dias atuais, ainda tem que ultrapassar mais uma barreira? Sim, e explico: a barreira da falta de informação e adequação dos termos  da real condição feminina.

Enaltecer o machismo é perpetuar uma cultura que desqualifica a mulher e põe o homem em uma situação de apenas um macho e não de um ser pensante, que está ali para oferecer uma parceria leal, digna e respeitosa. Não se trata de “mimimi” ou “vitimíssimo”. Precisamos saber as diferenças entre feminismo e femismo, por exemplo. Há quem ainda não dê a notoriedade aos movimentos feministas porque pensam que é um movimento de ódio à condição do homem (femismo), e não uma luta conhecida por dar direito e oportunidades iguais aos gêneros feminino e masculino (feminismo). E mais, tem aqueles que ainda usam um repertório preconceituoso, o qual rotula uma feminista a um estereótipo que restringe a sua luta ao fato de apenas um pretexto para mostrar seios em passeatas. Na verdade, o termo feminista está apenas ligado a escolhas, isso incluindo seu corpo, o modo de vestir, a profissão, além de vários outros aspectos, sem a necessidade de permissão de outro ser, no caso, um homem.

Os números estão aí para provar o quanto o machismo é nocivo para a mulher e atinge, também, de forma danosa, os homens e as crianças. No Brasil, a taxa de feminicídios é de 4,8 para cada 100 mil mulheres – a quinta maior no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Esses números apontam que com as novas leis de proteção e o amplo acesso a informação, as vozes femininas estão sendo encorajadas a denunciar abusos, pois o desrespeito à condição feminina que sempre existiu.

Termos que ajudam a não cometer injustiças (box ao lado da opinião)

Feminismo – Movimento de luta por direitos iguais entre homens e mulheres

Femismo – Comportamento que coloca o sexo feminino em superioridade ao sexo masculino.

Machismo – Comportamento que coloca o sexo masculino em superioridade ao sexo feminino.

Sexismo – Comportamento que privilegia um gênero ou orientação sexual em detrimento de outro

Humanismo – Valorização do ser humano, independente de qualquer aspecto religioso ou sobrenatural. (Não tem nada haver com a discussão entre gêneros)

Misoginia – Discriminação e repulsa ao sexo feminino. Comportamento associado à violência contra a mulher.

Misandria – Discriminação e repulsa ao sexo masculino. Comportamento associado à violência contra o homem.

 

Deborah Moreira é jornalista e  social mídia pós-graduanda em Políticas Públicas.

Você pode querer ler

Mais quentes