Jornalistas formados pela UFMG criam portal para cobrir futebol feminino

By

Objetivo é aumentar a visibilidade da modalidade

O futebol feminino ainda é extremamente desvalorizado em relação à modalidade masculina. Além das questões salariais e de infraestrutura, a diferença aparece na cobertura realizada pela imprensa esportiva. Com base na necessidade de conferir visibilidade às atletas, os jornalistas Natália Reis e Mateus Santos, recém-egressos do curso de Jornalismo da UFMG, criaram o Portal Minas em Campo

O site faz parte do trabalho de conclusão de curso da dupla e reúne informações sobre o universo do futebol feminino em Belo Horizonte. As pautas extrapolam os resultados de partidas e o que ocorre dentro de campo. Por meio de perfis, crônicas, reportagens e podcasts, o Minas em Campo apresenta aos seguidores nomes de destaque, funcionamento dos clubes e histórias marcantes.

Natália Reis e Mateus Santos também acompanharam os impactos da pandemia de covid-19 na modalidade e explicam, em vídeo produzido pela TV UFMG (equipe: João Ameno – produção; Marcia Botelho – edição de imagens; Jessika Viveiros – edição de conteúdo), como o atual cenário influenciou o funcionamento do portal.  O trabalho foi orientado pela professora Ana Carolina Viemeiro, do Departamento de Comunicação da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) da UFMG, com a coorientação de Aghata Azevedo, aluna do Programa de Pós-graduação em Comunicação.

 

Você pode querer ler

Mais quentes