Krav Maga está entre as modalidades mais recomendadas de defesa pessoal feminina

By
Conheça outras modalidades que estão entre as preferências do público feminino
O krav magá está entre as melhores lutas para a defesa pessoal feminina, mas não é o único! A defesa pessoal feminina se torna imprescindível nos dias atuais com dados diários sobre a violência contra as mulheres.

Por conta disso, listamos aqui quais são as principais práticas de defesa pessoal, além do krav magá. As artes marciais também são bastante frequentadas entre o público feminino.

Para quem não sabe a diferença, o krav magá é considerado uma arte de defesa pessoal, enquanto as artes marciais incitam o combate e a competição.

Cada modalidade é ideal para objetivos específicos. Qual seria o seu? Confira.

Boxe

Buscado por mulheres que têm o objetivo de perder peso, pois é uma atividade com ritmo intenso, principalmente cardiorrespiratório.

O treino de boxe inclui pular corda, golpes em acolchoados e sacos de areia, corrida e também exercícios localizados. Além da flexibilidade, proporciona intensa perda calórica. Pode ser considerado dentre as melhores lutas para defesa pessoal feminina e também condicionamento físico.

Muay Thai

A arte marcial tailandesa apresenta técnicas de defesa pessoal combinadas com golpes do boxe, através do uso de cotovelos, punhos, joelhos e pés. É bastante eficiente para o preparo aeróbico, condicionamento físico e alívio do estresse no dia a dia.

Dependendo da intensidade e biótipo do participante, uma hora de muay thai pode gerar a perda de 600 a 900 calorias.

Taekwondô

Reúne movimentos do caratê, judô e boxe tailandês, o Taekwondô é composto por movimentos como saltar, voar e socos. A Palavra Tae significa (pés) Kwon (mãos) e Do (caminho).

É uma técnica de combate sem armas e também considerada de defesa pessoal. A atividade exige um bom preparo físico, pois requer reforço muscular para realização dos movimentos. Os golpes são rápidos, o que ajuda bastante no treino das funções cardiorrespiratórias.

Krav magá

O krav magá é uma excelente alternativa, principalmente quando o foco é a defesa pessoal. Embora nas artes marciais existam práticas que também treinam esse aspecto, o krav magá ainda é considerado a melhor luta para defesa pessoal feminina.

O instrutor de krav magá e membro da Federação Sul Americana de krav maga, Dionésio Mariosi, explica que a principal diferença entre a modalidade e outras artes marciais é o preparo que o aluno recebe para situações de violência reais.

“No krav magá se trabalha através de simulações de situações de agressões reais, enquanto na arte marcial, o foco é treinar o atleta para competições. Como em situações de agressão real, não existem regras, não têm juízes e não há diferença entre categoria de peso ou sexo”, esclarece.

Defesa pessoal X Artes Marciais para mulheres

Existem modalidades das artes marciais que também treinam aspectos da defesa pessoal. No entanto, o professor pontua que há diferenças e que deve se levar em conta o objetivo da aluna.

Se o objetivo, por exemplo, é se defender contra situações de agressões e violência urbana, o krav magá é a defesa pessoal mais indicada. “No krav maga, por exemplo, a aluna vai aprender sobre os pontos sensíveis do corpo do oponente, para se defender, enquanto nas artes marciais esse tipo de golpe é proibido”.

Objetivos do krav magá:

  • Treinar a autodefesa contra violência urbana e situações de risco contra a mulher;
  • Preparar a aluna para reconhecer e sair de situações perigosas;
  • Existe treino e preparo para defesa contra objetos e armas de fogo, o que já não acontece nas artes marciais;
  • A aluna é treinada para reagir na hora certa, treinar o autocontrole e ganhar autoconfiança em situações de risco.
O instrutor ressalta que qualquer pessoa pode aprender krav magá, independente de idade, sexo ou porte físico. Já nas artes marciais exige o mínimo de preparo para conseguir realizar determinados golpes.

O objetivo do krav magá é prioritariamente a autodefesa. Não é uma modalidade competitiva e, por conta disso, não há regras, mas sim técnicas que são passadas aos alunos conforme o nível de desenvolvimento e preparo.

Não é a atividade física mais intensa em perda calórica, embora a aluna também possa queimar calorias. Caso o objetivo principal seja perder peso, os treinos de intensidade e aeróbicos são mais indicados.

“A aluna pode combinar musculação, corrida e outras atividades físicas com o krav magá. Vai ganhar o condicionamento físico mais completo que pode inclusive auxiliar na defesa pessoal e sistema cardiorrespiratório”, complementa.

A melhor luta para defesa pessoal feminina é o krav magá, mas caso você queira aprender também uma arte marcial e combinar as duas práticas, não existem contraindicações, mas sim benefícios.

Você pode querer ler

Mais quentes