Move Cultura lança documentário sobre a Casa de Cacos, em Contagem

By

Por Felipe Pedrosa

Associação Move Cultura, entidade sem fins lucrativos do bairro Eldorado, em Contagem, lançou nesta quarta-feira (18) o documentário “Contagem do Tempo: Histórias e Memórias de Uma Cidade”. O filme, o primeiro de uma série de sete curtas, retrata a arquitetura fantástica da Casa de Cacos, ponto turístico que está abandonado pelo poder público.

Coordenado por Rafael Aquino e com direção coletiva (Amanda Maia, Marcelo Lin e Roberth Michael), o filme “Contagem do Tempo: Histórias e Memórias de Uma Cidade” retrata a Casa de Cacos sob as óticas de José Márcio Sales da Silva e Ester Ramos Silva. Moradores da região do bairro Bernardo Monteiro, onde o imóvel foi erguido por Carlos Luís de Almeida, entre 1963 e 1989, os dois colaboraram na feitura do espaço. “Ajudei na construção desse local. Eu era menino e ficava pegando os caquinhos com as mãos”, lembra Márcio, decepcionado com a degradação do espaço: “É triste ver as pessoas chamando a Casa de Cacos de Caco de Casa”, completa.

Ester, apaixonada por plantas, resgata na memória às tantas vezes em que convenceu Carlos Luís a aceitar que o verde tivesse mais espaço no imóvel. Além disso, a contagense não esquece que serviu de molde para uma das obras do visionário Carlos Luís, morto em 1989, ano em que a Casa de Cacos deixou de ser ampliada.

Tombada em 2000 e de propriedade da Prefeitura de Contagem, o espaço, que serviu de ponto turístico e era destino certo das excursões escolares, está abandonado. Vira e mexe, há notícias de que a Casa de Cacos será restaurada, mas as promessas nunca deixam de ser letras em papéis já empoeirados. A esperança, com o perdão do trocadilho, virou cacos!

Série. “Contagem do Tempo: Histórias e Memórias de Uma Cidade: é o primeiro filme de uma série que vai retratar pontos específicos de Contagem. Entre as abordagens, estão a Estação Bernardo Monteiro, a Capela de Nossa Senhora da Conceição, o Parque Fernão Dias, entre outros locais. O próximo lançamento será no dia 2 de abril no canal da Move Cultura na plataforma online YouTube.

Você pode querer ler

Mais quentes