Musicista Paulo Anttunes, é exemplo de superação

By

Em entrevista ao JNC Paulo Anttunes mostrou porque e para que veio

JNC: Como Foi o início da sua carreira?

PA: Comecei a minha carreira bem cedo, na escola onde cursava o ensino fundamental eu já tocava em eventos na escola mas não cantava, somente tocava, eu tinha um sério problema na dentição que me trazia muita insegurança e me atrapalhava muito com a dicção.

JNC: Como foi o seu primeiro show
PA: Certa vez, fui convidado para tocar em um grande evento, na empresa onde eu trabalhava em Belo Horizonte, porém houve um comentário do meu meu chefe seguido de risada e tive a infelicidade de ver todos sorrindo diante daquela situação.

“O Paulo não consegue nem falar direito e vai cantar na festa de confraternização da empresa”

Foi muito chato ouvir aquilo pois eu já havia feito cinco cirurgias na minha boca pra corrigir e ainda usava aparelho ortodôntico.
Como eu ia cantar depois de tudo isso?

JNC: Mas isso te desanimou?

PA: Daí no final de semana seguinte passando de frente a um barzinho no bairro Pedra branca, periferia de BH próximo a Ribeirão das Neves, tive a felicidade de ver um senhor sentado em uma cadeira de rodas tocando uma sanfona e cantando enquanto todos se divertiam e dançavam muito.
Ao chegar próximo e perguntar sobre ele o dono do bar disse que ele, “o cadeirante, era um homem saudável antigamente, mas que depois de um acidente virou cadeirante, perdeu 80% da fala por causa da traqueostomia que foi inevitável, teve depressão após saber que tinha ficado com todas essas limitações mas que ele era um ótimo cantor e que era o melhor da região mas que diante de tudo aquilo que aconteceu com ele, ele não desistiu de tocar e a música ajudou muito na recuperação dele.

Então isso serviu de motivação pra mim e daí por diante comecei a praticar canto.

JNC: Além do fato quem foi seu grande incentivador?

PA: Em 2016, perdi o meu herói, meu companheiro de todas as horas, meu pai, antes de partir ele me disse:
“Filho, vai atrás dos seus sonhos, você pode ser o que você quiser ser, mas seja humilde , assim você será o melhor.

JNC: Em quem se inspira?

PA: Cresci escutando Trio Parada Dura, João Mineiro e Marciano e todos os sertanejos mais antigos e me influenciaram muito, mas os mais atuais Bruno e Marrone.

JNC: Quais são os seus projetos?

PA: Quero através da música poder dar uma vida digna para minha família, e ajudar as pessoas, pretendo também, quando possível, montar uma ONG pra ajudar os animais abandonados, sou muito apegado aos bichos.

JNC: Como está a sua agenda?

Olha, venho desenvolvendo um trabalho bem legal em bares, restaurantes e casas de show de BH e região, já cantei em outras cidades do estado também, mas onde me chamarem eu vou.

JNC: Qual o seu maior sonho?

PA: É ver meu trabalho reconhecido nacionalmente.

JNC: E quem quiser conhecer seu trabalho e contratar como faz?

PA: Tenho minhas redes sociais que ficarei muito feliz se me seguirem

Redes sociais:

Facebook – Paulo Anttunes

Insta- @pauloanttunes

zap- (31) 99490-8208

 

 

Você pode querer ler

Mais quentes