O bum do momento, o equilíbrio emocional – Por Kenia Nepomuceno

By

Você já deve ter ouvido essa frase ENTREGA, CONFIA, ACEITA E AGRADECE? Pois bem, essa frase é hoje, uma das mais difíceis de ser realizada, devido ao estresse que vivenciamos diariamente e como carregamos para a vida.

O equilíbrio emocional, diz do controle das emoções frente aos conflitos internos e externos e como interpretamos e lidamos com cada evento da vida. O conceito entregar, explana o modo que necessitamos relaxar nossos pensamentos, entendendo que sim, precisamos agir, e não esperar que tudo aconteça sem nenhum esforço, fruindo a entrega de nossos pensamentos ao acreditar interno, transformando-o em potenciação de ação. Assim confiaremos em nossas tomadas de decisões, agindo sem emoções a “flor da pele”, gerando menor impulsividade e transtornos.

Aceitar é uma palavra de dimensão gigantesca, aceitar que na vida, existem fases boas e ruins e que mediante a cada uma delas o enfrentamento é necessário, enfrentar medos, barreiras e principalmente a vilã zona de conforto. Sobretudo, agradecer é transcender, por isso, um ato final, principalmente por exigir treino e perseverança, olhando sobre os problemas, exercendo controle e sabedoria.

Gerar o equilíbrio emocional é extremamente importante para tomarmos decisões acertadas na nossa vida. O nosso equilíbrio emocional está dependente do conhecimento que temos dos nossos estados internos e da influência que estes têm sobre o nosso pensamento, comportamento e ações. Para alcançar uma base sólida emocional o treino é prioridade, treine, com as emoções básicas, como amor, alegria, raiva, medo, tristeza até lidar com as mais complexas como ansiedade, inveja, vergonha ou horror.

O autoconhecimento é o caminho assertivo para o treino diário, exerça este conhecimento, como conhecer suas próprias características, considerando também que interferências externas afetam nosso modo de ser.

Conheça a si e como o outro pode inferir no meu modo de reagir, seja perceptivo, ouça a si, pare, reflita e depois aja em suas tomadas de decisões.

Você pode querer ler

Mais quentes