PAINEL MURAL DE FERNANDO PERDIGÃO TRAÇA UM PANORAMA AFETIVO DA DIVERSIDADE NO CARNAVAL DE BH

By

O artista visual Fernando Perdigão, a convite do Movimento Gentileza, pintou um grande mural de aproximadamente 180 metros quadrados para compor a exposição “GENTILEZA NO CARNAVAL”, aberta na terça-feira, 11 de fevereiro, no Saguão da prefeitura de BH, AV. Afonso Pena, 1212.

 

O painel pintado em spray acrílico sobre tecido traça um panorama afetivo da super festa, retomada com força em Belo Horizonte nos últimos anos. A grande cena, que faz referência aos blocos caricatos, escolas de samba, agremiações e coletivos que participam do carnaval de Belô sintetiza a estética e o clima festivo da folia, de forma estilizada. Micro-cenas podem ser identificadas, pincelando a participação de alguns coletivos e pessoas, na paisagem da cidade. A grande movimentação das massas populares é abraçada, na parte superior do painel, pela Serra do Curral, ícone natural da Capital. Mas outros ícones arquitetônicos e referenciais simbólicos foram também sugeridos em meio à grande folia: Pça da Liberdade, Museu da moda, Cristo do Barreiro, Igreja da Pampulha, Prefeitura, Viaduto Santa Tereza, Praça da Estação e Colégio Arnaldo. O artista pesquisou fotos do arquivo da Belotur e outras fontes visuais como ponto de partida para a composição. Entre as muitas identidades iconográficas pesquisadas, que de forma genérica estão contempladas, alguns coletivos podem ser identificados no colorido e formato das fantasias e alegorias. É o caso do Então Brilha, Rola Moça, Trovão de Minas, Afoxé Bandarerê, Bahianas Ozadas, Angola Janga, Acadêmicos Vila Estrela, Bacharéis do Samba, Corsários do Samba, Pena de Pavão de Krishna, Maria Baderna, Bloco da SLU, entre outros. No aspecto individual, o artista homenageia o grande artista, filósofo e carnavalesco Marcelo Xavier, que criou e dirige o Bloco TODO MUNDO CABE NO MUNDO, ao lado da multi artista Iara Abreu e do Palhaço Bambulino. Aspectos da diversidade e do espírito de alegria, gentileza e respeito que devem prevalecer na festa são também lembrados em textos e palavras incidentais. O painel, que marca um record pessoal de fernando Perdigão, foi pintado numa maratona de aproximadamente 40 horas de trabalho, com a assistência de Marcão de Jesus e David, para cobrir os seus 180 metros quadrados de pintura.

 

Fernando Perdigão, 55 anos, é natural de Ouro Preto. Reside e trabalha em Contagem. Formado pela Escola de Belas Artes da UFMG, atua como artista visual, artista gráfico, curador, produtor e gestor cultural na secretaria de Cultura, Esporte e Juventude de Contagem. Com um vasto currículo que contabiliza muitas exposições e algumas premiações, há dois anos vem participando do Projeto Gentileza e com esta experiência tem se aperfeiçoado na utilização da técnica do spray aplicado à paredes, muros. Tapumes e painéis em grandes dimensões, no cenário urbano da cidade. Participou de inúmeras ações do Gentileza nos Lares de Idosos (Lares São José, Nossa Senhora de Nazaré, São Francisco de Assis, Cidade Ozanã e Cristo Rei, além de participações especiais nos Murais Gentileza Liberdade e Gentileza Lagoinha, curadoria e pintura no Mural Gentileza no CRPI, no Caiçara, e recentemente no Mural Gentileza Saudade. Em Contagem, assina um grande mural de 520×190 cm, doado à cidade e instalado no Gabinete do Prefeito em 2017, abordando aspectos da cultura local.

MOVIMENTO GENTILEZA ABRE PROGRAMAÇÃO DA

MOSTRA GENTILEZA NO CARNAVAL NO HALL DA PREFEITURA DE BH

A segunda edição da Mostra Gentileza no Carnaval abriu as portas nesta terça-feira, 11 de fevereiro, no hall do edifício-sede da Prefeitura, propondo uma experiência interativa para os visitantes e foliões e mostrando um novo olhar sobre a diversidade, a originalidade a descentralização do Carnaval de Belo Horizonte.

 

A ação é uma iniciativa do Movimento Gentileza, idealizado e coordenado pela voluntária social e primeira-dama do município, Ana Laender, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, e seguirá até o dia 1º de março, de segunda a sexta, das 10h às 19h, sábados e domingos, das 10h às 14, sempre com acesso gratuito.

 

“O Carnaval é um evento que está pela cidade toda, por isso entendemos que essa é uma oportunidade de homenagearos foliões, as diferentes formas de aproveitar a festa e também os atrativos quesó Belo Horizonte oferece para quem mora por aqui e para quem está de passagem”, conta Ana Laender.

 

Quem prestigiar a exposição será convidado, logo na entrada, a entrar no clima da folia. Um túnel de projeção mapeada coloca o visitante dentro de cenas de carnavais passados, ao som pulsante dasbaterias que desfilam pela cidade.

 

No piso do hall, um grande mapa de Belo Horizonte, divido pelas nove regionais administrativas,exibe informações da programação de blocos de rua, escolas de samba e blocos caricatos e sugere atrativos naturais, culturais e gastronômicos da capital para que cada folião passeie pela cidade criando seu próprio roteiro.

 

Nas paredes, um grande mural de 200m² pintado pelo artista Fernando Perdigão mostra alguns dos personagens e coletivos da festa e dita o clima da decoração. Os visitantes mais animados poderão, ainda, criar suas próprias fantasias com acessórios, instrumentos musicais e objetos carnavalescos, levando para uma casa uma foto personalizada do evento.

A exemplo do ano passado, as escolas de samba e blocos caricatos serão homenageados pela Mostra. O público poderá ver de perto os trajes dos grupos campeões do Carnaval 2019: Grêmio Recreativo Acadêmicos de Venda Nova e Bloco Caricato Bacharéis do Samba. Fotos e vídeos de desfiles dos blocos de rua também estão exibidos de uma forma diferente, que promete surpreender os visitantes.

Sobre o Movimento Gentileza

Em dois anos e meio de atuação em Belo Horizonte, o Movimento Gentileza trabalha com a realização e apoio a diversas ações que contribuem para uma cidade mais gentil com a cena urbana e os cidadãos, sempre em parceria com o poder público municipal e a iniciativa privada.

Idealizado e coordenado pela voluntária social e primeira-dama do município, Ana Laender, o Movimento é responsável por iniciativas dedicadas à requalificação do espaço urbano por meio da arte, preservação da memória da cidade e inclusão social e cultural de crianças, jovens e idosos.

SERVIÇO – MOSTRA GENTILEZA NO CARNAVAL
11 de fevereiro a 1º de março*
Segunda a sexta, das 10h às 19h
Sábado e domingo, das 10h às 14h
*Dias 22, 23, 24, 25 26 não haverá funcionamento.

No Hall da Prefeitura de Belo Horizonte
Av. Afonso Pena, 1.212 – Centro
Acesso gratuito

Você pode querer ler

Mais quentes