Prefeito Alex de Freitas acompanha de perto a remoção de pessoas que moram em áreas de risco geológico

By

Ele está em contato permanente com os componentes do Gabinete de Crise para traçar ações emergenciais e preventivas diante do alto índice de chuva em Contagem

Repórter:  – Foto: Fábio Silva

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, acompanha de perto o atendimento às vitimas da chuva, as ações emergenciais e preventivas executadas pelo Gabinete de Crise, formado por todas as secretarias municipais, Defesa Civil, Transcon, Guarda Municipal e órgãos estaduais de segurança. Após pedir auxílio do Exército nesta força-tarefa, Alex está empenhado no trabalho de convencimento das pessoas que moram em áreas de risco a deixarem as residências e se abrigarem nos espaços criados pela Prefeitura ou em casas de parentes e amigos.

“Nosso grande desafio é convencer esses moradores, para que não tenhamos mais mortes”, destaca o prefeito, que lamenta profundamente os dois óbitos registrados em Contagem em decorrência do grande volume de chuva. Alex também está em contato permanente com a imprensa para prestar todos os esclarecimentos sobre as ações do Gabinete de Crise. Ele convoca a população a colaborar com doações para as pessoas atingidas e agradece o empenho de toda a equipe que está nas ruas para ajudar a salvar vidas.

Acompanhe trechos das entrevistas do prefeito:

Ajuda do Exército
“O Exército está em todas as frentes, auxiliando na segurança, na organização, garantindo com sua expertise a confiança que passa à população. Com os equipamentos que trouxeram, tudo que o Exército tem feito é de muita ajuda. Também temos que destacar o apoio louvável da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal e todos os demais órgãos que tem sido parceiros de Contagem”.

Pontos críticos
“A situação do Morro dos Cabritos é a mais grave, mas tivemos problemas na Sede, Industrial, Vargem das Flores, Ressaca, Nacional. Até o final do dia teremos um levantamento mais preciso, mas a situação é muito grave. A maior parte das ocorrências é de deslizamento de encostas e soterramento de casas”.

Óbitos
“Temos duas mortes, de uma criança e um jovem, quatro feridos, sendo dois bombeiros militares. Se não fosse o esforço de todos que atuam neste atendimento essa tragédia poderia ter sido muito pior. Muitas casas foram esvaziadas pelo convencimento e empenho das equipes que estão nas ruas, com a ajuda dos bombeiros, da Defesa Civil Municipal, Estadual e toda a equipe da Prefeitura”.

Doações
“Doações podem ser feitas nas oito regionais, na Escola Estadual Professora Lígia Maria de Magalhães (bairro Colorado), com foco dos produtos de limpeza, roupas de cama, agasalhos e produtos de higiene pessoal. Alimentação a Prefeitura está fornecendo, e agradecemos muito a solidariedade de toda a sociedade. As doações são muito bem-vindas”

Abrigos
“Temos outros abrigos disponíveis. Nosso grande desafio é convencer as pessoas a não resistirem a sair. Elas terão o auxílio da Polícia Militar, do Exército, da Guarda Municipal. A situação se agravou muito diante da torre de transmissão no Morro dos Cabritos, aumentando o risco geológico. A Cemig está mobilizada, estamos acompanhando de perto para garantir a segurança das casas, pois os proprietários temem que elas sejam saqueadas. O mais importante são as vidas, que não podemos perder mais na cidade”.

Você pode querer ler

Mais quentes