Projeto da UFMG auxilia na recuperação de pacientes do Hospital João XXIII

By

A música como prática terapêutica tem sido um recurso muito empregado na área da saúde. O projeto Musicoterapia hospitalar: olhares empáticos, da UFMG, atua nos setores de pediatria e nas unidades de tratamento intensivo (UTIs) e de cuidados prolongados (UCPs) do Hospital João XXIII, de forma a favorecer a recuperação e a melhoria da resposta aos tratamentos hospitalares pelos pacientes. A iniciativa é coordenada pela professora Marina Freira, do Departamento de Instrumentos e Canto da Escola de Música da UFMG.

A musicoterapia é a utilização de elementos musicais com algum objetivo terapêutico. A harmonia, os ritmos e os sons de uma música podem ser usados em reabilitações, cuidados paliativos e na melhora do humor, por exemplo.

Confira o vídeo produzido pela TV UFMG que mostra detalhes do projeto.

Equipe: Artur Horta (produção e reportagem); Samuel do Vale, Lucas Tunes (imagens); Marcelo Duarte (edição de imagens); Pablo Nogueira (edição de conteúdo).

Foto: Wikimedia

Você pode querer ler

Mais quentes