Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania promove atividades on line para idosos de Contagem

By

Devido ao isolamento social – medida para não propagar a Covid-19 – as atividades ofertadas para os idosos pelo poder público foram suspensas, sem previsão de volta. Para manter os idosos ativos, mesmo que em casa, o órgão público teve que criar várias ações. Por meio das redes sociais e outros meios de comunicação, como ligação telefônica, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania continua o relacionamento com a pessoa idosa.

Uma das atividades promovidas pela secretaria, por meio da Superintendência de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, foi um aulão de carnaval ao vivo por meio da rede social Facebook na página do Programa Vida Saudável. Os estagiários de educação física da Superintendência fizeram com que os idosos se movimentassem em casa com alongamento, dança e muita diversão ao som das tradicionais marchinhas.

De acordo com o secretário Marcelo Lino, a Prefeitura busca viabilizar e ofertar aos idosos de Contagem uma diversidade de serviços que contribua para a redução de fatores que levam à depressão e resgatam a autoestima e, consequentemente, promovam a melhoria da qualidade de vida. “Neste período em que enfrentamos uma pandemia e não podemos nos reunir presencialmente, seguimos trabalhando para que nossos idosos continuem essa rotina de atividades, mesmo que de forma individual e em seus lares”, afirmou.

Atividades na Pandemia

Vídeo aulas – Durante a semana, a Superintendência tem compartilhado vídeos aos idoso por meio de grupos de WhatsApp. Os vídeos são gravados uma vez por mês pela comunicação da Secretaria de Direitos Humanos, de acordo com a disponibilidade dos profissionais de cada área (exercício físico, artesanato, contação de histórias, dicas de internet e saúde, e bailão).

Disk Carinho – Pensando nos danos que este distanciamento social possa acarretar à saúde da terceira idade, além de levar um pouco de conforto e carinho e amenizar a distância, o órgão público criou o Projeto Disk Carinho. A ação iniciou na segunda quinzena de maio do ano passado e é realizada por contato telefônico, permitindo que o idoso expresse seus sentimentos, medos e inseguranças, além de compartilhar momentos de como tem passado por esse tempo de isolamento.

Projeto Acolhei – Apoio Emocional – Em parceria com o Projeto Transformar Contagem, o projeto foi criado para que as pessoas idosas atendidas pelo Projeto Disk que demandam apoio emocional nos contatos telefônicos, sejam acompanhadas por profissionais capacitados da área de psicologia, pelos meios virtuais, enquanto for mantida a suspensão das atividades presenciais.

Repórter Raquel Lopes
Foto: Superintendência do Idoso / Divulgação

Você pode querer ler

Mais quentes