Tânia Alves e Antonio Bahense no Teatro Bradesco

By

Tânia Alves

Tânia Alves é uma artista completa, é atriz, dançarina, cantora e empresária. Nascida no Rio de Janeiro, em 1953, ela ficou seis anos no “Grupo Chegança”, com o diretor Luís Mendonça, onde passaram talentos como Elba Ramalho, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, entre outros. O grupo fazia inúmeros musicais.

Ela, que tem 15 discos lançados, iniciou sua carreira de atriz 1977, no cinema, com o longa “Emanuelle Tropical… Srª Gerald” e “Morte e Vida Severina”. Na TV, estreou em 1981, com a novela de mesmo nome. Desde então, atuou em diversos folhetins, filmes, além de se apresentar como cantora, pelo Brasil inteiro, com seus shows.

Currículo

Televisão 1981 – Morte e Vida Severina – parideira 1982 – Lampião e Maria Bonita – Maria Bonita 1983 – Bandidos da Falange – Glória 1985 – Ti Ti Ti – Clotilde 1985 – Tenda dos Milagres – Ana Mercedes 1990 – Pantanal – Filó 1992 – Pedra sobre Pedra – Lola 1993 – Você Decide (episódio: Chofer de Táxi) 1995 – Tocaia Grande – Julia Saruê 1997 – Mandacaru – Severina Dantas 1998 – Brida – Mercedes 2000 – Marcas da Paixão – Zefinha 2001 – O Clone – Norma 2001 – A Grande Família (episódio A Desquitada da Freguesia) – Terezinha 2005 – Essas Mulheres – Firmina Mascarenhas 2007 – Amazônia, de Galvez a Chico Mendes – Dos Anjos 2010 – Araguaia – Pérola

Cinema 1977 – Emanuelle Tropical … Sra Gerald6 1977 – Morte e Vida Severina 1977 – Trem Fantasma 1979 – Bachianas Brasileiras: Meu Nome É Villa-Lobos 1980 – Cabaret Mineiro … Avana 7 1981 – O Olho Mágico do Amor 1983 – O Cangaceiro Trapalhão 1983 – O Mágico e o Delegado – Paloma 1983 – Parahyba Mulher Macho – Anayde Beiriz 1984 – Onda Nova 1984 – Sole nudo – Regina 1985 – Ópera do Malandro

1990 – Lambada 1991 – República dos Anjos

Discografia 1980 – LP Bandeira 1983 – LP Novos Sabores 1986 – LP Dona de Mim 1987 – LP Tânia Alves 1988 – LP Brasil Brazil (EUA) 1989 – LP Folias Tropicais 1992 – LP Humana 1995 – CD Amores e Boleros vol 1 1996 – CD Amores e Boleros vol 2 1997 – CD Amores e Boleros Vol 3 1998 – CD Me deixas louca 1999 – CD Coração de bolero 2000 – CD Todos os forrós 2001 – CD De bolero em bolero 2003 – CD Bossas e boleros 2005 – DVD De bolero em bolero

 

No início da década de 70 iniciou sua carreira em um estúdio de desenho publicitário em Belo Horizonte, chegando assim em pouco tempo nas melhores agências de publicidade mineiras, como Arte Finalista, Layout Man e Diretor de arte.

A música o vem acompanhando desde esta época.

Na década de 80, parou de trabalhar como funcionário, preferindo trabalhar como free-lance, pois precisava de tempo e liberdade para dedicar-se à música. Levando com muita determinação as duas profissões e, tendo conseguido compor até hoje, mais de 250 canções, algumas com o grande compositor CARLOS COLLA

E divide hoje o seu tempo entre a administração da empresa BHZ Produções, suas composições e produções artísticas.

O NOVO CD E SHOW

A Jovem Guarda foi um movimento musical que ficou gravado nos corações dos brasileiros, servindo para lançar no cenário artístico nacional inúmeros artistas que estão até hoje fazendo seus shows por todo o Brasil.

Pensando neste seguimento musical a BHZ Produções Ltda, esta lançando o CD “O Tempo não vai apagar”, com o cantor e compositor Antonio Bahense onde ele interpreta 10 canções, todas da fase mais marcante da Jovem Guarda, lançadas pelo nosso rei como: Nossa Canção, Esqueça, Aquele beijo que te dei , O tempo vai apagar, Só vou gostar de quem gosta de mim, Não precisas chorar, Quase fui lhe procurar, Gosto do jeitinho dela, Ar de moço bom, Você deixou alguém a esperar, são musicas que cantor Antonio Bahense cantava em bailes, no

encontro com os amigos e serenatas, músicas que o inspirou mais tarde a compor suas próprias canções.

O CD tem arranjos de Nadilson Assunção.

SHOW FESTA DE ARROMBA

A BHZ idealizou o show Festa de Arromba onde o cantor Antonio Bahense interpreta as músicas do seu novo CD e grandes sucessos de outros cantores da Jovem Guarda.

E um show festivo alegre onde todos participam cantando os antigos sucessos, atingindo um público na faixa etária de 45 a 70 anos, ideal para: Feiras, Clubes Sociais, Clubes de Terceira Idade, Exposições Agropecuárias, Teatros, Aniversários de Cidades, enfim em todo lugar que apreciam a boa música.

DISCOGRAFIA

1 – Compacto simples – Meditando

Lançado em 1978 – independente.

2–“Levantei com o Pé direito”

compacto simples lançado em 1988 independente.

3- Fera Solta- LP

Com a participação de vários atistas mineiros

4 – “Coração Aberto” – Lp

Lançado em outubro de 1990 – independente

5 – “Palavras de amor” LP

Lançado em setembro de 1993 – independente.

6- O tempo não vai apagar

Lançado em setembro de 2011 – independente.

PARTICIPAÇÔES

Fator RG7 – LP

Participou na produção e lançamento junto com o Cantor:

Leci Strada.

CD sobre Drogas – LUZ

Participou interpretando uma música de sua autoria:”Recomece outra vez”, também com a participação do cantor Silvio Brito na música – Juca Manero.

CD Pendulum – (Conjunto musical)

Foi gravado uma música de sua autoria, Edirson Gomes e Marquinhos de Oliveira música:Fio de Esperança

CD “São Thomé das Letras e das músicas”

Produziu e participou com duas músicas “Uma cidade que chama”

e “As quatro estações do dia”.

PRODUZIU E ATUOU

“Eu não sou Frank Sinatra”, comédia musical.

Programa de televisão – BHZ em Revista

Revista BHZ Cultura

CD Musical São Thomé das letras e das Musicas

CD Room Itamonte

CD Room São Thomé das Letras

CD Trio Irakitan.

SHOWS

Realizou nestes anos de carreira musical, inúmeros Shows na capital em Belo Horizonte e no interior de Minas Gerais.

COMPOSIÇÕES MUSICAIS E LITERÁRIAS

Desde de 1970, quando começou a tocar violão começou também a compor e

durante esses 39 anos já compôs mais de 250 músicas inéditas, algumas com parceiros como mestre Carlos Colla, fez 15 versões, 550 poemas, lançou um livro de poesia de nome Coração Aberto, e escreveu dois livros de crônicas,

e duas peças teatrais

( Maracutaia e Yelow Bird).

O Produtor Antonio Bahense

È uma atividade que o produtor artístico Antonio Bahense gosta de fazer e faz com paixão, produziu o CD do Trio Irakitan,o show do compositor Carlos Colla, Silvio Brito, e Moacyr Franco.

CD “ MEU AMOR VAI TE ENCONTRAR¨

Trio Irakitan

Este CD musical pode ser considerado um marco na carreira artística do Trio Irakitan. É o disco de número 69 de sua carreira sendo o primeiro com repertório totalmente inédito.

O Produtor Antonio Bahiense e o Maestro Cristiano Caldas realizaram neste projeto um resgate de toda a harmonia e beleza do vocal do Trio Irakitan que encantou gerações e gerações de fãs, com arranjos modernos e vigorosos para atender os mais exigentes ouvintes desta geração.

O Projeto se estende não só a produção do CD, mas como também a reestruturação de todo um projeto de marketing exigido para direcionar ao público este novo lançamento. Tais como a produção de uma arrojada programação visual.

O repertório do CD é composto por 9 músicas sendo: Meu Amor vai te encontrar (Antonio Bahiense), Pode ser (Pacífico Mascarenhas) Em Silêncio (Carlos Colla/Antonio Bahiense), Sem despedida (Tutuca Borba/José Carlos Sobreira/Delmo Soares Belloti), Nosso Amor não Tem volta (Antonio Bahiense), Plena Primavera (Gilvan Bezerril/ Carlos Roberto Vieira), Ordem de despejpo (Moacyr Franco), Vai Mulher (Antonio Bahiense), Águas futuras (Moacyr Franco).

Serviço; Tânia Alves e Antonio Bahense no Teatro Bradesco

Dia: 30 de Março

Hora: Às 20 horas

Valor de Ingresso:Inteira R$80,00 – meia R$40,00

Ingressos à venda:

Bilheteria do teatro

Site:

www.compreingressos.com

 

Alma Latina

No show “Alma Latina”, a atriz e cantora Tânia Alves começa com uma linda e emocionante homenagem aos cantores que se tornaram ícones da música romântica, os grandes intérpretes da “dor de cotovelo” como Altemar Dutra (“Brigas”), Nelson Gonçalves (“Fica comigo esta noite”), Dalva de Oliveira (“Que será?”) entre outros. Seguindo a trajetória dos grande sucessos do rádio, Tânia segue cantando os grande sucessos com carisma e alegria, finaliza o show com marchinhas de Carnaval, uma celebração ao espírito festeiro e à brejeirice da latinidade brasileira. “Mulata IÊIÊIÊ”, Chiquita Bacana” e “Pierrot Apaixonado” é claro, não poderiam faltar. Imperdível!

Roteiro: 01- Devolvi 02- Negue/Caminhemos/Alguém me disse / Ninguém é de Ninguém /Que será 03- Quem é / Brigas /Castigo /Ouça

Você pode querer ler

Mais quentes