Transcon realiza blitz educativa de combate ao uso de cerol no bairro Jardim Laguna

By

Foram distribuídas antenas de proteção contra linhas de pipas e material educativo a motociclistas

Repórter:

Nesta segunda-feira (15), a Autarquia de Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon), em parceria com a Guarda Civil de Contagem e a Polícia Militar, distribuiu antenas de proteção contra linhas de pipas e material educativo a motociclistas que passaram pela blitz denominada “Todos Contra o Cerol – Motociclistas”. O evento foi realizado na avenida João Gomes Cardoso, próximo à Praça do Divino, no bairro Jardim Laguna, regional Ressaca.

A ação, que contou com a participação das empresas ELLO Clube de Benefícios e MOTOFEST, resultou na instalação de aproximadamente 70 antenas. É o terceiro ano consecutivo que a campanha conta com o envolvimento de empresas públicas e privadas. Além das antenas fornecidas de forma gratuita, os motociclistas receberam orientações sobre a pilotagem segura.

A convite dos organizadores, Luan Moreira Rosa Reis, vítima de linha com cerol, auxiliou na abordagem dos motociclistas repassando informações sobre os cuidados que eles devem ter. Reis enfatizou a importância das antenas de proteção. “Fui uma vítima do uso de cerol em linhas de pipa, agora estou recuperado e quero ajudar aos colegas motociclistas com mensagens e ações no combate ao uso do cerol e também de que é importante o uso das antenas nas motos”, destacou.

Até o final do mês, vão ser realizadas mais dez blitze, contemplando todas as regiões do Município. “O cronograma foi elaborado com base nos locais com registro de pessoas atingidas pela linha cortante. A princípio, iremos percorrer as oito regionais do município até o final do mês”, adiantou a gerente de Educação para o Trânsito da Transcon, Adriana Ferrari.

USO E COMERCIALIZAÇÃO DO CEROL É CRIME

A Lei Municipal 4621, de 30 de setembro de 2013, veda a industrialização, a comercialização, o armazenamento, o transporte, a distribuição, a manipulação e o uso de cerol, da “linha chilena” ou de qualquer material cortante utilizado para empinar papagaios, pipas, pandorgas ou semelhantes, bem como o uso destes materiais nas próprias e rabiolas.”

O uso do cerol ou da linha chilena é crime. Quem for pego comercializando ou usando linha chilena e cerol será responsabilizado, podendo receber multa que pode chegar a R$1,5 mil. O valor pode ser dobrado, em caso de reincidência de acordo com a Lei estadual 23515/2019.

Programação em junho da Campanha ‘Todos contra o cerol – Motociclista’:

16/06 – Vargem da Flores: avenida Retiro dos Imigrantes c/ Av. dos Retirantes (entrada do bairro);

17/06 – Riacho: Praça Marília de Dirceu (em frente a ELLO);

18/06 – Eldorado: Av. João César de Oliveira, 849 (Moto Fest);

19/06 – Nacional: avenida Geraldo Rocha, 900 (ao lado do posto de gasolina);

22/06 – Ressaca: avenida Severino Ballesteros (em frente ao Shopping Contagem, sentido Betim);

23/06 – Petrolândia: rua Durval Alves de Faria (próximo ao nº 2.500);

24/06 – Sede: rua do Registro (em frente ao Praia Club);

25/06 – Industrial: avenida Alvarenga Peixoto (próximo ao nº 50);

26/06 – Ressaca: avenida João Gomes Cardoso, sentido bairro Cabral, em frente ao ao nº 346, próximo à Praça do Divino, bairro Jardim Laguna.

Você pode querer ler

Mais quentes